De acordo com as últimas informações vindas de Paris, o atacante brasileiro - Neymar deve estar regressando a capital francesa neste sábado pra se reapresentar ao Paris Saint-Germain.

A informação é do jornal francês "L’Èquipe", que traz na reportagem a informação de que Neymar tinha como intenção retornar a França somente no dia 21 de junho, no entanto, teve que antecipar sua volta para não perder os treinos, uma vez que será obrigado a cumprir uma semana de isolamento no país estrangeiro assim que desembarcar no "Velho Continente".

Após cumprir a "quarentena", deverá se juntar a seus demais companheiros de clube - isso deverá ocorrer no próximo dia 22 de junho, quando o clube retoma os treinamentos oficialmente em seu centro de treinamentos.

Além desta "quarentena", outra coisa que fez com que Neymar antecipasse o seu retorno ao Paris, foi à possibilidade da União Europeia barrar a entrada de pessoas vindas de países onde a pandemia ainda encontra-se fora de controle - como é o caso do Brasil, que nesta sexta-feira tornou-se o segundo com mais óbitos por conta da COVID-19 no mundo.

Assim como Neymar, outros jogadores de fora do continente deverão estar retornando até esse sábado ao PSG, como é o caso dos brasileiros Thiago Silva e Marquinhos, o uruguaio Cavani e o costa-riquenho Keylor Navas.

O PSG está sem entrar em campo desde o dia 11 de março, quando derrotou o Borussia Dortmund por 2 a 0 - na segunda partida das oitavas de final da Champions League. Com a "Ligue1" encerrada de forma antecipada pelo governo francês, o clube se prepara para disputar a Copa da França e Copa da Liga e também a Champions League, que deverão ocorrer entre o final de julho e início de agosto.