Mesmo o governo francês tendo cancelado todas as atividades esportivas profissionais no país, entre elas os campeonatos de futebol das Séries A e B, a direção do Paris Saint-Germain declarou a intenção de volta a competir onde e quando ocorrer - aqui se referindo a Champions League, no entanto, diz respeitar a decisão do país em suspender a temporada.

"Se não for possível jogar na França, jogaremos nossas partidas no exterior, sujeitas às melhores condições para nossos jogadores e à segurança de todos os nossos funcionários", disse Nasser Al-Khelaifi - presidente do PSG.

PSG x Borussia Dortmund - um dos últimos jogos do clube francês antes da paralisação do futebol.
PSG x Borussia Dortmund - um dos últimos jogos do clube francês antes da paralisação do futebol.

O mandatário do time francês vai de encontro ao que pensa a UEFA, que mesmo em meio à pandemia causada pela "COVID-19", vem buscando alternativas para a disputa do restante dos jogos que faltam para concluir a Champions League, nem que para isso seja necessário jogar em outras cidades que não tenham o foco do Coronavírus.

Assim como a Euro League, a Champions League poderá ser retomada em breve, mas com portões fechados - a UEFA até mesmo já estudou um novo calendário para a sequência das competições mais importantes do continente, conforme já destacamos aqui mesmo, em outra matéria.