Como todos sabem, Neymar e Thiago Silva deixaram Paris para passarem pela crise do coronavírus junto de seus familiares no Brasil, no entanto, o clube francês anda preocupado com isso, e em especial, com Neymar.

De acordo com as últimas informações do site português "A Bola", a direção do Paris Saint-Germain está preocupada com a vinda de Neymar ao Brasil - lembrando novamente que o atacante decidiu voltar a sua "terra natal" durante a pandemia do novo coronavírus.

Neymar decidiu ficar próximo da família nesse momento de quarentena.
Neymar decidiu ficar próximo da família nesse momento de quarentena.

Mas o que realmente preocupa os dirigentes do PSG é o fato do seu camisa 10 não ter passaporte europeu - ao contrário dos seus companheiros de equipe, como Thiago Silva e Edinson Cavani, que também deixou o clube e voltou para a América do Sul nessa fase de "quarentena".

A União Europeia fechou todas as fronteiras de seu território durante essa crise, com isso, o Paris Saint-Germain não sabe como irão funcionar as questões de fronteira para os cidadãos não-europeus quando essas forem reabertas e aí que entra a preocupação com relação à Neymar, se ele não será barrado e com isso desfalcar a equipe nos torneios ainda a serem disputados pela atual temporada.