Parece que as declarações do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez não caíram muito bem pelos lados do Paris Saint-Germain. Florentino declarou durante a premiação da "Bola de Ouro" que o camisa 10 do PSG - Neymar, teria mais facilidades de receber a premiação no futuro vestindo a camisa merengue do que em Paris.

Em resposta a essa manifestação, o treinador do clube francês, Unai Emery disse que:

"Ele gostaria de tê-lo, mas está aqui. Tenho certeza que ele irá conseguir em Paris o sucesso coletivo e, portanto, o sucesso individual", responde Emery.

Ainda durante sua entrevista coletiva desta manhã, o técnico do PSG também aproveitou a oportunidade para responder sobre os rumores de sua saída frente ao comando técnico do clube.

"Não duvido da minha equipe, dos jogadores, como eles pensam, o que sentem. No contexto geral, não temos do que duvidar. Somos os primeiros do campeonato nacional e também do nosso grupo na Champions. Quando eu ganho, faço autocrítica para melhorar as coisas. Quando a gente perde, é preciso manter o equilíbrio, a calma", declarou ele.

Durante essa semana, rumores apareceram dizendo que Unai Emery estava a perigo no cargo caso não conseguisse reverter as duas derrotas em sequência e caso voltasse a perder mais uma partida com seu time, poderia ser dispensado do comando técnico do PSG.