Com a eminência do Paris Saint-Germain anunciar oficialmente Maurício Pochettino para o lugar de Thomas Tuchel nas próximas horas, o mesmo deverá encontrar alguns problemas logo de cara em sua chegada ao time francês.

De acordo com a publicação do jornal "Le Parisien", o técnico argentino se realmente for confirmado como novo treinador do time de Neymar, Mbappé e Cia, terá um grande desafio em comandar o vestiário do clube de París, que é recheado de estrelas; estrelas das quais já apontamos neste parágrafo. Algo que até agora os treinadores que por lá passaram, não conseguiram realizar com perfeição.

Além deste problema, o diário francês diz que o profissional em questão terá o compromisso de mostrar resultados imediatos, onde o PSG atualmente convive na temporada 2020/2021 com altos e baixos.

Assim como não teve o técnico alemão - falando da relação com a imprensa, Pochettino terá que lidar com a pressão vinda desses em Paris, onde segundo o jornal aqui em destaque, as entrevistas concedidas pelo antigo treinador não eram do gosto dos donos do Paris Saint-Germain.

Mauricio Pochettino

De ex-jogador do clube francês a possível treinador. Sim, o argentino que pode estar retornando ao Parque dos Príncipes, agora em outra função, encontrará um clube totalmente diferente daquele que deixou quando era capitão, em 2003. Naquele ano, o PSG estava em declínio, onde terminaria a temporada ocupando apenas a 11ª posição no Campeonato Francês, sendo condenados a ficar uma temporada sem participar de competições europeias.

Agora em seu retorno, ele encontrará um clube e um time totalmente diferente. Após o time ter flertado com a eliminação na primeira fase da Champions League - conseguindo sua classificação nas duas últimas rodadas, o time também não vai muito bem no Campeonato Francês, onde ocupa apenas a terceira colocação e para isso o técnico argentino está sendo contratado - para melhorar o ambiente interno e melhorar o time como um todo dentro de campo; elenco para isso ele terá.

Pochettino se realmente for confirmado para o lugar vago de treinador, será o primeiro a ser nomeado durante a era "QSI" a ter jogado anteriormente no clube e hoje a vir comandar o mesmo a beira das quatro linhas.

Depois de já ter confirmado seu valor como treinador, Mauricio Pochettino não chegará ao PSG com a influência de ter sido tão somente um ex-jogador do clube francês, mas também por tudo aquilo que já mostrou quando esteve a frente do Tottenham, sendo que a confirmação de seu nome para a função em destaque será apenas um bônus em sua carreira e para o futuro do PSG.

Assim como destaca seu antigo treinador no PSG - Luis Fernandez, que em entrevista a revista "France Football", destacou o seguinte quanto ao argentino ser confirmado como treinador do PSG:

"Ele conhece a casa, ele conhece o clube. Mas ele também tem o seu lado humano, essa abordagem, essa habilidade de falar para colocar os jogadores na melhor posição possível para que eles possam se expressar. Pochettino tem esse estilo em que consegue mesclar tudo o que você gosta como jogador de futebol. Quando você tem um treinador como ele, você quer lutar por ele, jogar por ele e fazer as coisas por ele", destacou.