Por motivos de preservação de todos dentro da Academia de Futebol, o Palmeiras comunicou nesta última segunda-feira a dispensa de seus jogadores e o esvaziamento de seus estabelecimentos por conta do coronavírus.

O clube em questão segue a linha estabelecida pela Federação Paulista de Futebol, que na parte da manhã desta segunda-feira passada, suspendeu as atividades do Campeonato Paulista de Futebol, sem uma data certa para voltar.

Sede do Palmeiras permanecerá praticamente vazio nos próximos dias.
Sede do Palmeiras permanecerá praticamente vazia nos próximos dias.

A Sociedade Esportiva Palmeiras informou também que em virtude da decisão da Federação Paulista de Futebol, CBF e Conmebol, em interromper temporariamente os jogos de seus calendários, as atividades ao futebol no clube, tanto nas categorias principais e de base masculina e feminina, estão suspensas por tempo indeterminado a partir desta última segunda-feira.

Apenas frequentarão a Academia de Futebol os atletas que estão em tratamento de lesão e os que estão em atividades sob orientação do departamento médico do clube, respeitando sempre os protocolos de prevenção das autoridades competentes.

Vale ressaltar, que os atletas levaram para as suas residências uma espécie de "lição de casa" para assim permanecer em condições físicas ideias para a volta do futebol - o Palmeiras enviou aos seus atletas um programa de treinamentos individualizados que será monitorado pelo NSP - Núcleo de Saúde e Performance.