Dona da Crefisa diz que pretende se candidatar a presidência do Palmeiras

Leila citou o atual mandatário do clube com sua inspiração: “Me inspiro é um grande presidente; o Maurício Galiotte”.

Por
Compartilhe

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Leila Pereira, conselheira do Palmeiras e dona da Crefisa - patrocinadora máster do clube, admitiu que pensa sim em concorrer a presidência do Verdão assim que estiver apta para isso.

“Pretendo sim concorrer, porque não? Assim que meu mandato terminar como conselheira, vou concorrer. Quem irá decidir serão os sócios. Vou poder fazer muito mais pelo Palmeiras. Apesar de que como conselheira também estou apta a fazer bastante, apoiando o presidente. Me sinto muito confortável em investir. O clube está sendo bem administrado”, declarou ela.

Leila com Maurício Galiotte, na apresentação do patrocínio.Leila com Maurício Galiotte, na apresentação do patrocínio.

Perguntada se pretende investir em outro clube no Brasil, Leila deixou bem claro que não.

“Só invisto no Palmeiras. Sou palmeirense. Se estou no clube é porque eu amo o verdão. Pretendo investir na minha carreira política no Palmeiras. Posso contribuir cada vez mais com ele”, onde ela ainda cita que se os clubes brasileiros fossem iguais aos europeus, compraria a agremiação paulista. “Falando de forma hipotética, porque no Palmeiras essa possibilidade de o clube ser vendido nunca irá existir, eu compraria um clube da grandeza do Palmeiras se tivesse oportunidade”. A Crefisa investiu mais de R$ 100 milhões só este ano no Palmeiras.

Vale ainda salientar que recentemente Leila rompeu com o ex-presidente Mustafá Contursi. “Tinha muito respeito por Mustafá, mas me decepcionou muito. Não tenho mais relacionamento com ele. Não merecia aquele episódio, o patrocinador não merecia. Se algumas pessoas dentro do clube acham normal a venda dos bilhetes que eram repassados gratuitamente para eles, eu não concordo”, finalizou Leila Pereira.

Comentários