Organizada do Palmeiras sugere "lista de dispensas" e ataca presidente do clube

Em nota oficial emitida nesta quarta-feira, a maior torcida organizada do Palmeiras fez diversas críticas aos principais membros do clube.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

A eliminação na Copa Libertadores da América agitou e muito os bastidores do Palmeiras. Além da decepção por parte da torcida comum no estádio do Pacaembu na noite da última terça-feira, onde após o fim do jogo ouviram-se gritos de "time sem vergonha", nesta quarta-feira, a principal torcida organizada do clube paulista veio à público para expressar a sua indignação com diversas partes do clube.

A organizada fez diversas críticas para a diretoria, a comissão técnica e principalmente aos jogadores. Além de questionar o fraco desempenho do time nas fases decisivas das competições da temporada, a torcida organizada sugeriu uma "lista de dispensa" com alguns jogadores que estão recebendo poucas oportunidades, como o atacante Arthur Cabral, e o meia Matheus Fernandes, e outros atletas que vem sendo muito criticados, como o meia Lucas Lima e o lateral-direito Marcos Rocha.

mm

Confira a íntegra da nota oficial:

ACABOU 2019!!!

A vida tem ciclos e alguns precisam se encerrar e não podemos nos enganar. Dizer que o foco agora é o Brasileiro? Isso é acreditar em um elenco que não tem alma e coração, que não tem pegada e vontade, que não tem espírito de campeão.

A questão não é jogar a toalha no Brasileiro, mas sim não se iludir imaginando um título para salvar o ano. Se vier esse título, ficarão as sujeiras debaixo do tapete, cairemos no conto da imprensa, de "melhor elenco do Brasil", e manteremos o que temos. Chega 2020 e na hora das decisões o resultado é o fracasso, pois eles não têm sangue nos olhos, eles não representam o espírito palmeirense (superação e entrega).

REFORMULAÇÃO
Temos um bom jogador (Dudu), que corre, se entrega, mas não é decisivo, pois ninguém ajuda ele a decidir.

Contenção de gastos:
- Lucas Lima
- Deyverson
- Diogo Barbosa
- Antonio Carlos
- Edu Dracena
- Marcos Rocha
- Jean
- Matheus Fernandes
- Borja
- Carlos Eduardo
- Arthur Cabral

São 11 atletas que não fazem diferença dentro de campo, mas que recebem muito bem e impactam no orçamento do clube.

Aqui estamos sendo generosos, porque a lista pode aumentar com Hyoran?s, Veigas, Rafael?s, Jailson?s, Thiago Santos?s, Luan?s e etc. da vida.

COMISSÃO TÉCNICA
"NINGUÉM MORREU!" E se fizer um favor de sair, não sentiremos falta. Seus feitos serão lembrados, mas o presente não é o passado. Muito obrigado!

ALEXANDRE MATTOS
Existem os picaretas e pilantras no mundo da bola e existe o Alexandre Mattos que é o nível acima das falcatruas.
Esse é o primeiro que tem dar linha. Mentiroso, oportunista e sem caráter.
O elenco "milionário" foi montado por ele e hoje olhamos no banco e temos o Deyverson, Zé Rafael e Rafael Veiga para entrar.
Inadmissível um diretor remunerado não ser cobrado. Ele vem "roubando" o Palmeiras e a patrocinadora. Todo dinheiro investido esse ano foram contratações duvidosas. Da mesma forma "dizem" que são duvidosas as compras dos imóveis que o Mattos vem adquirindo em Miami e Alphaville. Será que é só do salário ou do "por fora" com as negociatas como do Carlos Eduardo?

O Palmeiras vem sendo "roubado" por esse cidadão.

Fora, Mattos!!!

MAURICIO GALLIOTE

A falta de hombridade dos jogadores é o reflexo da sua personalidade como homem. Você não é o presidente do Palmeiras. Você, por um acaso, está ocupando o cargo. Infelizmente temos um homem fraco à frente de um time com uma história forte.

Você é uma vergonha!

TORCIDA
Queríamos dizer que não avisamos? Só que nós avisamos. O time não deu liga em 2019. O time não tinha planejamento. O time não tinha alma em partidas decisivas. Sempre torceremos e apoiaremos os 90 minutos. Só que conhecemos um pouco de futebol. Esse elenco não é ruim, ele simplesmente não é essas coisas que muitos exaltavam. Na verdade, esse elenco é sem vergonha. Não honra as nossas tradições.

Somos apaixonados, mas não alienados.

Neste domingo estaremos no Maracanã com 20 ônibus e não será por jogador, treinador, diretor de futebol, presidente? Será pela camisa? Será pelo Palmeiras. COMO SEMPRE!

Apoiar os 90 minutos em todos jogos é obrigação.

Cobrar e exigir de qualquer um que está vestindo o manto do Palmeiras, é uma consequência. Se preparem? Serão cobrados até 31/12/2019. O ano está perdido!

Palmeiras, te amamos em todos os momentos!

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários