Oficialmente, Ricardo Goulart não joga mais pelo Palmeiras. Segundo informações do clube paulista, o Guangzhou Evregrande solicitou o retorno do jogador ao futebol chinês, e ofereceu uma renovação de contrato com o atleta por mais cinco anos ( o vínculo atual vai até o fim de 2020). Ele estava atuando no Palmeiras por empréstimo até dezembro.

A rescisão de contrato de Goulart com o Palmeiras ocorre em meio ao tempo de recuperação do jogador, que realizou uma artroscopia no joelho nas últimas semanas. O meia teve a lesão durante a estreia do time paulista no Brasileirão, quando venceu o Fortaleza por 4x0. Na ocasião, a previsão do departamento médico do clube paulista era de que o jogador ficaria 2 meses afastado dos gramados.

 

Na última terça-feira, o Palmeiras avaliou como positiva a recuperação do jogador, e mostrava bastante otimismo para que ele voltasse a campo antes do esperado. No procedimento cirúrgico, Goulart reitrou grande parte do menisco do joelho ( a parte funciona como um amortecedor do joelho),o Verdão entende que a cirurgia não comprometerá o desempenho ou a longevidade da carreira de Ricardo Goulart.

Ricardo Goulart foi um dos grandes nomes contratados pelo futebol brasileiro na janela de transferências do início deste ano. Pelo Palmeiras, realizou 12 jogos e marcou 4 gols. O fato que mais surpreende é a ação inesperada do clube chinês em solicitar a volta de um jogador que estava emprestado. Entretanto, o Palmeiras não se pronunciou mais detalhadamente.

Estima-se que, em seu novo vínculo, Ricardo Goulart receberá salários de cerca de 15 milhões de euros por temporada (mais de R$ 60 milhões).