Minha Torcida Logo

Palmeiras se junta a São Paulo e Santos na disputa por Alexandre Pato

Um dos maiores adversário do São Paulo agora também se mostra interessado em contar com o futebol do atacante, que rescindiu seu contrato com o Tianjin Tianhai – da China, no início deste mês de março.

Por
Compartilhe

Agora as coisas ficaram sérias pelo lado do São Paulo. Estamos aqui falando sobre a possibilidade do “Tricolor Paulista” em repatriar o atacante Alexandre Pato, que nesta semana foi procurado pelo Palmeiras.

Um dos maiores adversário do São Paulo agora também se mostra interessado em contar com o futebol do atacante, que rescindiu seu contrato com o Tianjin Tianhai – da China, no início deste mês de março. Pato que pagou do próprio bolso a sua rescisão de contrato, agora busca um novo clube para jogar em 2019, tendo ele a preferência pelo São Paulo, porém, Santos e Palmeiras estão na disputa.

Alexandre Pato está livre no mercado e negocia com alguns clubes para voltar a jogar em 2019.Alexandre Pato está livre no mercado e negocia com alguns clubes para voltar a jogar em 2019.

O Palmeiras anunciou nesta semana o seu interesse no atleta, entretanto, age de forma cautelar em relação ao negócio. Nas palavras da própria direção, o Verdão não deverá cometer nenhuma loucura para contratar Alexandre Pato. A mesma simplesmente acredita que trata-se de um nome que impõem respeito para encarar qualquer adversário.

Em uma primeira procura por parte do Palmeiras, foi lhe oferecido um contrato com validade curta, ou seja, até o final desta temporada, com a possibilidade de renovação em dezembro – em uma espécie de “teste”, que se o atacante conseguisse um bom rendimento no segundo semestre, as partes poderiam ou não estender o vínculo.

Já pelos lados do Tricolor, o mesmo conta com a simpatia do atacante em querer retornar ao clube, pelo qual já atuou entre os anos de 2014 a 2015. Fazendo com que a direção do São Paulo acredite em um “final feliz”. Por outro lado, age também com certa cautela, visto que a sua primeira proposta não convenceu o representante de Pato – o São Paulo propôs diluir os pagamentos ao longo de um contrato de três anos e oito meses – até o fim de 2022, em um formato semelhante ao de Pablo – jogador contratado junto ao Athletico.

Correndo por fora, aparece o Santos, que só observa o cenário, visto que o seu presidente – José Carlos Peres nesta última segunda-feira despistou sobre o nome do atacante.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais