Roger Machado não é mais treinador do Palmeiras

Para o cargo em aberto desde essa última madrugada, o nome mais cotado no momento é o de Abel Braga, que está sem emprego desde que foi demitido do Fluminense.

Por
Compartilhe

A manhã desta quinta-feira pegou muitos amantes do futebol de surpresa, principalmente aqueles fãs de Roger Machado. Ele mesmo, o agora “ex-treinador” do Palmeiras foi demitido na madrugada de hoje devido a mais um tropeço no Campeonato Brasileiro – o Palmeiras perdeu para o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã na última noite de quarta-feira, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Roger Machado - ex-treinador do Palmeiras.Roger Machado - ex-treinador do Palmeiras.

Contratado no final do ano passado, Roger Machado ficou pouco mais de sete meses no cargo, aonde em 44 partidas a frente da comissão técnica do Palmeiras, obteve 27 vitórias, 9 empates e 8 derrotas – a última nesta quarta-feira a noite. Em seu lugar, o técnico do sub-20, Wesley Carvalho deverá assumir interinamente, até a direção encontrar um nome para assumir a vaga.

Mesmo com a melhor campanha na primeira fase da Libertadores, os últimos resultados pelo Campeonato Brasileiro e a 6ª posição provisória no torneio, não foram suficiente para a permanência do técnico no cargo. Pelo “verdão”, Roger Machado foi vice-campeão paulista, tendo perdido a final em casa para o “timão”.

Estranhamente, o técnico palmeirense foi demitido um dia após o diretor de futebol – Alexandre Mattos ter garantido a sua permanência no cargo, blindando o agora ex-treinador.

“Estamos dando calma a ele, blindando. Temos confiança total em seu trabalho, os números são bons. Obviamente queríamos ser campeões paulistas, infelizmente não fomos. Queríamos estar melhor no Brasileirão, talvez com três ou quatro pontos a mais. Agora tem que correr atrás, temos que fazer passagem de tabela superior. A gente blinda e cobra, blinda e cobra. Assim vai até ser campeão ou no futuro ter outro caminho. No momento acreditamos em seu trabalho”, declarou Mattos ao canal Fox Sports, nesta última terça-feira.

Para o cargo em aberto desde essa última madrugada, o nome mais cotado no momento é o de Abel Braga, que está sem emprego desde que foi demitido do Fluminense, porém, o treinador em questão dificilmente aceita pegar um trabalho em andamento.

Comentários