Palmeiras recusa nova proposta do Shandong Luneng por Dudu

Vale lembrar que essa não é a primeira investida do futebol chinês sobre o atacante palmeirense – no início do ano, o Changchun Yatai ofereceu ao clube brasileiro uma proposta de 13 milhões de euros.

Por
Compartilhe

Não foi ainda desta vez que o futebol chinês conseguiu levar o atacante Dudu, do Palmeiras, para jogar em sua liga. A direção do palmeiras não aceitou uma oferta de 15 milhões de euros (algo em torno de R$ 67,3 milhões), oferecida pelo Shandong Luneng, nesta terça-feira, pelo atacante.

Dudu - atacante do Palemrias - atualmente o jogador é peça chave do clube brasileiro na sequência do Campeonato Brasileiro.Dudu - atacante do Palemrias - atualmente o jogador é peça chave do clube brasileiro na sequência do Campeonato Brasileiro.

A equipe asiática subiu sua oferta apresentada no último sábado, quando na ocasião, ofereceu 12 milhões de euros por Dudu – que é uma das peça fundamentais do time paulista neste brasileirão – assim sendo, a mesma foi rechaçada pela direção palmeirense.

A decisão de não liberar Dudu, partiu do presidente palmeirense – Maurício Galiotte, que entende que esse não é o momento ideal para ele sair, ainda mais depois da saída de Keno para o futebol Árabe e da lesão de Borja, o que deixaria praticamente o Palmeiras sem opções para o setor de ataque.

Atacante Keno, ex-palmeiras foi negociado recentemente com o futebol Árabe.Atacante Keno, ex-palmeiras foi negociado recentemente com o futebol Árabe.

Vale lembrar que essa não é a primeira investida do futebol chinês sobre o atacante palmeirense – na ocasião, o Changchun Yatai ofereceu ao clube brasileiro uma proposta de 13 milhões de euros – também recusada pela direção do time paulista, que ainda acertou logo de tratar uma renovação com o jogador, até o final de 2022.

O atacante que foi adquirido pelo Palmeiras em 2015, se tornou uma das referências da equipe desde sua chegada ao clube, sendo ele uma peça muito importante nas conquistas do Palmeiras na Copa do Brasil de 2015 e do Campeonato Brasileiro de 2016.

 

Comentários