Palmeiras não aceita proposta da Adidas e parceira de 12 anos pode acabar

Propostas oferecidas por Puma e Topper agradaram ao departamente de marketing e a direção do Palmeiras.

Por
Compartilhe

Parceria de 12 anos entre Adidas e Palmeiras está muito próximo de chegar ao fim, diz o portal UOL e posteriormente confirmada pela ESPN. De acordo com as informações, o Palmeiras está em fase final de negociação com algumas empresas para definir qual será a sua fornecedora de material esportivo a partir de 2019.

A Adidas veste o Palmeiras desde 2006.A Adidas veste o Palmeiras desde 2006.

Com uma proposta financeira que não agradou a direção do “Verdão”, a Adidas, é a que menos chances tem de vestir o clube na próxima temporada – estando na disputa com a marca alemã Puma e a com a Topper.

Em um acerto anterior, a direção do Palmeiras é obrigada antes de fechar um acordo com qualquer outro empresa, a apresentar as ofertas das concorrentes a Adidas, que terá a opção de cobrir ou não. Se a Adidas afirmar que não irá alterar sua proposta, o Palmeiras estará livre para avançar nas negociações com as concorrentes.

Dentro do clube há informações que as propostas oferecidas por Puma e Topper são muito equivalentes e a direção do Palmeiras, juntamente com o departamento de marketing, estão muito satisfeitos com as condições apresentadas por ambas as empresas para a distribuição, venda e com a qualidade do material.

Atualmente a Adidas paga R$ 20 milhões por ano ao clube paulista e com a renovação, o Palmeiras pretendia chegar próximo ao valor oferecido ao Flamengo, que recebe da marca R$ 37 milhões por ano. Porém as conversas não evoluíram e a parceira que se estende desde 2006 está muito próxima de chegar ao fim.

Comentários