Novamente envolvido em polêmica! Sim, sim, sim; estamos falando de Neymar, que após acertar um tapa em Álvaro González (Olympique de Marselha) - que supostamente havia ofendido o brasileiro com atos racistas; o camisa 10 acabou sendo expulso de campo e por essa mesma poderá pegar um gancho de até 7 jogos.

A informação é da rádio "RMC", que também analisou o regulamento do Campeonato Francês e destacou os artigos pelos quais o ato de Neymar pode ser enquadrado. Já Álvaro González pode pegar até 10 jogos de suspensão se a acusação de racismo por parte do brasileiro for comprovada.

Quem decidirá as penalizações aqui em questão é o Comitê Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França - a LFP, onde segundo a rádio acima citada informa que Neymar poderá ser enquadrado em artigos diferentes a Gonzáles, tendo o brasileiro cometido um "ato de brutalidade ou golpe cometido fora do ato de jogo".

O Comitê Disciplinar irá se reunir na próxima quarta-feira, mas a decisão poderá levar um tempo a mais para sair - uma semana. Nesta mesma reunião, esse conselho ainda decidirá sobre Álvaro González, acusado por Neymar de ter proferido injúrias raciais no fim do clássico deste final de semana. O camisa 10 do PSG afirma que o espanhol o chamou de "Macaco filho da p...", e se isso for comprovado, o jogador poderá ser enquadrado no artigo de "palavras, gestos ou atitudes dirigidas a uma pessoa em particular devido a ideologia, raça, etnia, religião, nacionalidade, aparência, gênero, orientação sexual ou deficiência".

Mesmo levando pelo menos uma semana para a conclusão deste julgamento, o certo é que Neymar está fora do duelo diante do Metz, no meio desta semana, pelo Campeonato Francês - o jogador irá cumprir a suspensão automática causada pela aplicação do cartão vermelho pelo árbitro da partida entre PSG x Olympique de Marselha, vencido pelo time de Álvaro González.

Além de Neymar, outros quatro jogadores acabaram sendo expulsos desse clássico do final de semana, sendo dois para cada lado: Kurzawa e Parede - PSG e Benedetto e Amavi - Olympique.

Imagem: Goal.com