Novas informações do "mercado da bola" dão conta de que o Paris Saint-Germain estaria disposto a liberar Neymar para jogar no Barcelona, porém, para que isso se torne realidade, o clube francês gostaria de receber em troca o atacante Ousmane Dembélé em definitivo e mais 80 milhões de euros - algo próximo a R$ 490 milhões.

O problema aqui é o seguinte: Será que o Barcelona quer a volta de Neymar ao seu atual elenco? Pelas últimas declarações dos dirigentes do clube catalão, em nenhuma dessas entrevistas eles deixam claro que o brasileiro seria fundamental para o time nas próximas temporadas.

A informação acima onde revelamos a "vontade" do PSG, foi dada pelo jornalista - Eduardo Inda - no programa televisivo "El Chiringuito" da Espanha. Segundo ele, o Barcelona mesmo negando o interesse de ter Neymar em seu elenco, ainda não desistiu do jogador e estaria em conversas com o PSG.

Neymar - atacante do PSG - imagem: arquivo
Neymar - atacante do PSG - imagem: arquivo

"O Barcelona segue insistindo em Neymar, e o PSG deixou a entender que estaria disposto a negociar se recebesse Dembélé em troca. A operação seria o jogador e mais 80 milhões de euros", declarou o jornalista.

Porém, dificilmente o PSG aceitará essa proposta - que para o clube francês representaria prejuízo, uma vez que receberia apenas 36% do que pagou justamente ao Barcelona quando o trouxe para París. Isso sem contar que o Barcelona está passando por uma séria crise financeira e dificilmente estaria interessado em desembolsar essa quantia por seu ex-atacante, tendo em vista a contratação de Lautaro Martínez - da Inter de Milão.

Neymar possui contrato com o Paris Saint-Germain até junho de 2022, mas os boatos quanto a uma possível saída sua ao Barcelona já existem desde a sua primeira temporada no clube francês.