E a novela "Neymar/Barcelona/Justiça" teve novos capítulos durante essa semana. Depois do atacante brasileiro demonstrar vontade em voltar para seu antigo clube e esse exigir que o jogador retirasse o processo que movia contra o Barcelona - por pedido de uma indenização pela renovação de contrato; nesta última quinta-feira Neymar voltou a acionar o clube catalão na justiça, mas com relação a outro assunto.

Na mais recente ação judicial movida contra o clube espanhol, o atacante brasileiro pede uma indenização de 6,5 milhões de euros - algo próximo a R$ 38 milhões; conforme publicado pelo site da "ESPN".

Neymar - ex-atacante do Barcelona; atualmente defendendo o PSG.
Neymar - ex-atacante do Barcelona; atualmente defendendo o PSG.

De acordo com a matéria do referido site, o processo em questão se refere a "contingências fiscais" que Neymar precisou assumir em sua pessoa física. Seriam no caso parte dos valores referentes à contratação do brasileiro que o clube catalão omitiu na época, e que foi considerado rendimento salarial e com isso passou a estar sujeito a tributação.

Ainda segundo alguns jornais espanhóis, o Barcelona deverá cumprir com essa medida. Além deste processo, Neymar move mais outros dois processos contra seu ex-clube, o que soma uma indenização de mais de 190 milhões de euros.