Polícia pede mais tempo para concluir inquérito no caso Neymar/Najila Trindade

O pedido de mais tempo para a investigação do referido caso foi protocolado pela delegada Juliana Lopes Bussacos – responsável pelo caso na Vara da Infância Doméstica, em Santo Amaro.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Najila Trindade e Neymar.Najila Trindade e Neymar.

 

Ainda não foi desta vez! O caso Neymar/Najila Trindade terá mais uns capítulos pela frente, segundo as últimas informações. Em seu último dia de conclusão do caso que investiga a acusação de estupro da modelo já aqui citada contra o jogador do Paris Saint-Germain, a Polícia Civil de São Paulo resolveu pedir um tempo maior para seguir com as investigações.

Com o pedido, o Ministério Público deverá em breve se manifestar se concorda ou não. Após, o juiz responsável deverá determinar o prazo extra que os investigadores da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher terão para ?então? concluírem o inquérito.

O pedido de mais tempo para a investigação do referido caso foi protocolado pela delegada Juliana Lopes Bussacos - responsável pelo caso na Vara da Infância Doméstica, em Santo Amaro.

O pedido de mais tempo para averiguação do caso tem haver com as análises das imagens de câmeras de segurança do hotel em Paris, onde a modelo e o atacante brasileiro se encontraram. Mesmo com as imagens já no Brasil, as autoridades francesas declararam que precisam de uma autorização judicial para cedê-las.

Mesmo com o pedido de "mais tempo", o caso segue normalmente. O relatório final deverá ser encaminhado ao MP assim que o juiz determinar o novo prazo, que poderá denunciar, requerer um novo inquérito ou arquivar o caso.

Se o Ministério Público oferecer uma denúncia, o juiz passa a analisar o pedido - deste momento em diante começa o processo, onde Neymar terá que apresentar defesa. Mesmo se tornando réu no caso do suposto estupro a modelo, ele poderá retornar a París para o início da temporada, voltando no final, quando o juiz dará a sentença.

Mais sobre: neymar najila estupro
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal