Minha Torcida Logo

Neymar é suspenso pela UEFA após críticas a arbitragem

Entidade europeia decidiu punir o atleta com a pena máxima para o artigo 15 do código disciplinar da entidade. Craque brasileiro ficará de fora da metade da fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa.

Por
Compartilhe

O craque brasileiro Neymar foi suspenso pela UEFA após criticar a arbitragem da partida do PSG contra o Manchester United, que culminou com a eliminação do clube francês da Liga dos Campeões da Europa. Na época, o árbitro da partida marcou um pênalti no útlimo minuto, que foi o gol da classificação do Manchester United na competição continental.

Após aquela partida, o craque brasileiro usou as redes sociais para criticar a arbitragem. Após isso, a entidade europeia julgou a atitude de Neymar, e a punição foi divulgada nesta sexta-feira. A UEFA decidiu punir Neymar com três jogos de gancho, e o jogador ficará de fora de metade da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Na época, Neymar publicou a seguinte mensagem:

“Isso é uma vergonha. Ainda colocam quatro caras que não entendem de futebol para ficar olhando o lance em câmera lenta. Isso não existe. Como o cara vai colocar a mão nas costas?”, escreveu o jogador em seu Instagram.

Neymar criticou a arbitragem em eliminação do PSG. Neymar criticou a arbitragem em eliminação do PSG.

Fora de parte da temporada do Paris Saint-Germain por uma nova fratura no quinto metatarso do pé direito, sofrida em janeiro, Neymar vive agora a expectativa de estar dentro de campo para ajudar o gigante francês a conquistar mais outro título. Neste sábado, o PSG enfrenta o Rennes na grande final da Copa da França. PSG já conquistou o campeonato francês nesta temporada.

De acordo com comunicado da Uefa, Neymar foi punido por violar o artigo 15 do código discplinar da entidade: atos de insulto contra o árbitro da partida. A punição - a mais longa que o jogador poderia receber - só pode ser cumprida em competições organizadas pela confederação europeia. 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal