Neymar fica mais uma vez de fora do TOP 10 - agora do jornal The Guardian

O “The Guardian” fez uma pré-lista com 500 jogadores de campeonatos de todos os continentes e perguntou aos jornalistas: Quem foi o melhor jogador do mundo em 2018?

Por Minha Torcida
Compartilhe

"Barrados no baile". Esse título de um famoso seriado norte-americano dos anos 90, condiz muito bem com o atual momento vivido por Neymar entre as premiações no "Velho Continente".

Depois de ficar de fora dos melhores do "Mundo" e da "Bola de Ouro", agora o craque brasileiro também não figurou nem entre os dez melhores do prêmio ofertado pelo jornal inglês "The Guardian", que premia os melhores jogadores do ano no futebol.

Neymar ficou de fora dos melhores da Copa do Mundo, do Craque do Ano e da Bola de Ouro.Neymar ficou de fora dos melhores da Copa do Mundo, do Craque do Ano e da Bola de Ouro.

Neymar saiu do "trono" em 2017 para a 11ª colocação em 2018. O jornalista Paul Doyle - do The Guardian, usa algumas referências irônicas às acusações de simulações que perseguem o camisa 10 para assim descrever o ano de 2018 do atacante.

"Sim, ele pode ser auto-indulgente e tem uma tendência a exagerar a dor que sente depois de ter sofrido uma falta e talvez isso explique porque ele caiu mais de oito posições desde a pesquisa do ano passado. Por outro lado, não ficamos todos um pouco machucados quando um criador tão maravilhoso é perseguido por hackers que o expulam da inveja ou da pura perplexidade? Depois de ridicularizar a "Ligue 1" com sua habilidade para ajudar o PSG a três conquistas domésticas, Neymar lutou contra uma lesão grave para ajudar o Brasil a chegar às quartas de final da Copa do Mundo", descreveu o jornalista.

Para finalizar, Doyle ainda completa dizendo:

"Somente um ator de primeira linha poderia afirmar de maneira convincente que Neymar não é uma alegria assistir quando está em pleno fluxo", fazendo referência as suas encenações quando recebe uma falta; rolando no gramado demonstrando enorme dor.

O "The Guardian" fez uma pré-lista com 500 jogadores de campeonatos de todos os continentes e perguntou aos jornalistas: Quem foi o melhor jogador do mundo em 2018?

Cada um desses jornalistas pode escolher 40 nomes em ordem. O primeiro recebeu 40 pontos, o segundo 39 e assim por diante. Para estar no TOP 100 final, era preciso pelo menos ter sido escolhido por pelo menos cinco desses jornalistas.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal