Mesmo com as últimas declarações de seu empresário e pai, de que só permanecerá no Paris Saint-Germain se for considerado como o "tal" pelo clube, ou seja, como o jogador de destaque, a situação de Neymar não anda as melhores pelo lado de Paris.

De acordo com o programa "Onda Cero", a permanência do craque brasileiro está nas mãos do novo técnico do clube francês - o alemão Thomas Tuchel, que não considera o jogador brasileiro como intransferível. Já a situação do jovem atacante francês Mbappé é diferente.

Um novo capítulo da novela envolvendo a permanência de Neymar no Paris Saint-Germain ganhou novas cenas nesta quinta-feira, quando a rádio espanhola acima citada divulgou que o clube francês ainda não confirmou a permanência em definitivo do brasileiro nesta janela de transferências. Segundo a rádio, uma fonte da Associação de Futebol do Catar declarou que o futuro de Neymar no time, depende exclusivamente do novo comandante técnico do clube - a emissora ainda destaca que após a excelente exibição de Kylian Mbappé na Copa do Mundo da Rússia, fizeram com que Tuchel se rendesse ao jovem atacante, considerando assim o jogador intransferível, algo diferente em relação ao camisa 10 da equipe.

Dentro do clube, nomes como Paulo Dybala já surgem como prováveis substitutos a Neymar no time; lembrando que Neymar até pouco tempo era praticamente dado como certo no Real Madrid, ainda mais após a transferência de Cristiano Ronaldo a Juventus, da Itália.

Já o jornal espanhol "El País", garante que Neymar permanecerá no PSG por pelo menos mais uma temporada, aonde o diário informa que um dirigente do clube francês que não foi identificado, indicou a permanência do brasileiro no clube, declarando uma conversa que teve com o empresário do jogador.

"Ele nos disse que Neymar está bem em Paris, que agradece o apoio da família real do Catar e que, para ele, a única coisa não negociável é que Neymar continue se sentindo o jogador mais importante do projeto", destacou a fonte, referindo-se sobre uma das exigências do pai de Neymar para que seu filho continue atuando pelo clube.