Emery abre o jogo sobre Neymar em entrevista a um revista espanhola

"O líder do PSG é o Neymar. Quem comanda o grupo se chama Neymar, porque está se tornando o líder maior", diz Emery.

Por
Compartilhe

Parece que após comunicar sua saída do Paris Saint-Germain, Unai Emery resolveu jogar areia no ventilador ao revelar alguns assuntos internos do time frances, como por exemplo, treinar alguém chamado Neymar.

Neymar e Emery no primeiro dia do craque brasileiro no PSG.Neymar e Emery no primeiro dia do craque brasileiro no PSG.

Durante uma entrevista ao “The Tatical Room” – revista espanhola, o técnico do Paris Saint-Germain admitiu que desde a chegada de Neymar ao clube, tudo mudou inclusive as lideranças internas, sendo ele (Neymar) o líder maior do clube na atualidade.

“Nunca vou me esquecer o que o treinador Jorge Valdano me disse um dia: “No Barcelona, o líder é Messi, no Real Madrid, é Florentino Pérez, no Atlético de Madrid, Simeone”. Um jogador, um presidente e um treinador. Cada vez, um perfil de líder diferente. sei quando sou a principal pessoa no grupo e quando não sou, é um processo que todo treinador terá que viver como experiência. Isso é algo que se aprende com o tempo e com experiência. Em cada clube, tudo é diferente, você deve entender qual é seu papel dentro do elenco e o que você atribui a ele. O líder do PSG é o Neymar. Quem comanda o grupo se chama Neymar, porque está se tornando o líder maior. Ele chegou ao PSG para isso, para viver o processo necessário para se tornar o número 1 do mundo. No City, o líder é o Pep Guardiola e no Paris Saint-Germain, o líder é o Neymar”, declarou o ainda técnico do clube francês.

Para encerrar, Emery disse que para esta temporada, a primeira coisa que fez foi definir qual seria a principal prioridade do clube; e foi o que fez.

“Tenho que fazer Neymar feliz e foi isso que fiz; isso vem em primeiro lugar, não importa mais nada. Tive muitas discussões com ele a respeito disso. Algumas funcionaram, outra tive mais dificuldades, mas na maioria tive êxito. Em uma dessas, conversamos por aproximadamente 45 minutos de coração aberto. Foi um momento legal. Ele me escutando, ao qual pude convencê-lo de algumas coisas”, finalizou Unai Emery.

Neymar que foi assunto de pauta nesta entrevista concedida pelo técnico espanhol a revista de seu país, já está voltando ao PSG, onde fará a última parte da sua recuperação após a lesão no quinto metatarso do pé esquerdo.

Comentários