Ele até que tentou, mas não a ponto de "dar a vida em campo" para levar o Paris Saint-Germain a mais uma final de Champions League. Assim sendo, ao mesmo tempo que vê sua equipe ser eliminada da principal competição futebolística do "velho continente", também vê suas chances de conquistar a Bola de Ouro ruir ao final da temporada.

A Bola de Ouro que é uma premiação tradicional concedida pela revista "France Football" ao melhor jogador da temporada, geralmente contempla quem se destaca exatamente na Champions League, desta forma, o brasileiro deve mesmo ficar mais uma vez de fora da edição deste ano, onde reúne os grandes astros do futebol.

Neymar na semifinal diante do City

Sozinho na frente, sem a companhia de Kylian Mbappé, lesionado, Neymar foi muito bem marcado pela defesa do Manchester City e com isso pouco produziu durante os mais de 90 minutos do jogo decisivo pela semifinal da Champions League. Tendo que a todo momento voltar para buscar a bola, as suas tentativas também não resultaram em muito perigo para o gol defendido por Enderson - goleiro do City.

Com a desvantagem no placar, Neymar ficou nervoso e por muito pouco não levou o cartão amarelo no primeiro tempo, quando sofreu uma falta de Bernardo Silva, ao empurrá-lo. Após esse lance, passou grande parte do jogo trocando xingamentos com os adversários do time inglês e assim foi até o apito final.

Bola de Ouro e os Brasileiros

A premiação que é dada ao melhor jogador de cada temporada, já passou pelas mãos de pelo menos quatro brasileiros, sendo eles: Ronaldo (Internazionale - 1997 e 2002) Rivaldo (Barcelona - 1999), Ronaldinho Gaúcho (Barcelona - 2005) e Kaká (Milan - 2007).