Curioso para saber quanto ganham os astros da NBA em 2021? A Forbes publicou uma lista recentemente divulgando quanto cada craque da franquia recebe por ano. Sim, os salários na NBA se dão por temporada e muitos jogadores recebem ainda mais por patrocínios externos do que pelos próprios salários dentro das quadras - por sinal, também bem altos - das franquias.

Os contratos são baseados no número de anos de um jogador na liga e também nas premiações recebidas, como o título de MVP (jogador mais valioso). Mesmo tendo um teto, essas "bonificações" elevam os patamares na liga.

Antes da crise gerada pela pandemia do coronavírus, os salários na NBA eram astronômicos. Isso deve mudar agora? Acreditamos que sim. Com jogos sem público e disputando a final da temporada 2020 na bolha da Disney, em Orlando, a receita das franquias deve cair bastante pela falta de público nos ginásios e visibilidade. Isso refletiu nos novos salários para a temporada 2021 de contratos que estão acabando agora. Lebron James, por exemplo, que mais recebe no combo salário + patrocínio, teve o salário diminuído de US$ 37 milhões anuais para US$ 31 milhões. Já Stephen Curry também "perdeu" parte do salário, passando dos US$ 40,2 milhões na temporada 2020 agora para US$ 34,4 milhões.

Ainda assim, as franquias da NBA possuem um bom contrato televisivo com ESPN e TNT até 2023. Nada mais, nada menos que US$ 24 BILHÕES por 9 anos (de 2014 a 2023). Isso vai ajudar a manter boa parte dos salários dos jogadores. Por negociação, os jogadores recebem 51% desse total e segundo levantamento feito pela Spotrac 46 jogadores receberão mais de US$ 25 milhões por temporada.

Maiores salários da NBA têm Lebron e Curry liderando

Sabe quanto ganha Lebron James, Stephen Curry ou Kevin Durant? A cifra milionária é bem maior que grandes ídolos recebem em outros esportes, como no futebol, por exemplo. Lebron lidera na soma entre salário e patrocínio, mas se pegarmos somente salários, Curry recebe US$ 3 milhões a mais que James por temporada - o maior salário.

Vários jogadores aproveitam ainda sua imagem e recebem bem fora das quadras com publicidade de grandes marcas. Dois deles - Lebron James e Stephen Curry - recebem mais de marcas publicitárias do que os próprios salários das franquias.

Veja quanto ganham os melhores jogadores da NBA em 2020

1 - LeBron James (Los Angeles Lakers)

Salário: US$ 31,4 milhões
Patrocínios: US$ 64 milhões
Total: US$ 95,4 milhões

Isso você já previa, não é? Lebron é o maior salário da NBA e o que mais recebe desde 2014. O salário no time é de US$ 31,4 milhões, o que dá quase US$ 3 milhões por mês, ou R$ 15 milhões.

São US$ 95 milhões entre salários e patrocínios. A Nike, sua maior patrocinadora, vai lançar a 17ª versão do tênis que leva sua assinatura, o LeBron XVII. Além disso, o filme "Space Jam 2: a New Legacy" lançado no ano passado (sequência do original de 1996 estrelado por Michael Jordan) fez James ganhar mais de US$ 10 milhões com o filme.

2 - Stephen Curry (Golden State Warriors)

Salário: US$ 34,4 milhões
Patrocínios: US$ 40 milhões
Total: US$ 85,2 milhões

Stephen Curry tem o maior salário da liga, levando em conta apenas os valores de "dentro da quadra". São agora US$ 34,4 milhões em 2021 (eram 40 milhões em 2020) o que dá mais de R$ 170 milhões por ano, mas tem "apenas" US$ 40 milhões em patrocínios, perdendo na soma geral para King James. A Under Armour é a principal marca de Curry e que mais representa na soma de patrocínio (perto de U$$ 20 milhões). O contrato com o Golden State Warriors vai até 2022 e soma incríveis US$ 201 milhões.

3 - Kevin Durant (Brooklyn Nets)

Salário: US$ 31,2 milhões
Patrocínios: US$ 34 milhões
Total: US$ 65,2 milhões

Durant recebe o mesmo que LeBron James dentro das quadras (só fica atrás de Curry), mas na soma geral é o terceiro. A Nike é sua principal patrocinadora. Durant trocou a franquia do Golden State Warriors pelo Brooklyn Nets nesta temporada 21.

Veja os outros top 10 dos mais bem pagos da NBA:

4 - Russell Westbrook (Washington Wizards)

Salário: US$ 33 milhões
Patrocínios: US$ 25 milhões
Total: US$ 58 milhões

Outro que trocou de franquia, saindo de Oklahoma e indo para o Washington Wizards em 2021. Seu salário caiu de US$ 38,3 milhões para U$$ 33 milhões anuais.

5 - James Harden (Brooklyn Nets) Houston Rockets)

Salário: US$ 33 milhões
Patrocínios: US$ 17 milhões
Total: US$ 50 milhões

Agora colega de Kevin Durant nos Nets, o "barba" trocou o Houston Rockets pela franquia de Brooklyn e "perdeu" também US$ 5 milhões em salários, recebendo agora 33 milhões, ante os 38,2 da temporada 2020. A Adidas é o carro chefe de patrocínios de Harden e gera US$ 14 dos US$ 17 milhões que ele recebe fora de quadra.

6 - Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks)

Salário: US$ 22 milhões
Patrocínios: US$ 27 milhões
Total: US$ 49 milhões

Saindo da 9ª posição em 2020 agora para o 6º mais bem pago, o gigante do Milwaukee Bucks recebe US$ 22 milhões de salário anual - US$ 3M a menos que em 2020. Ainda assim, incorporou US$ 7 milhões com renda de patrocínios, subindo no ranking.

7 - Klay Thompson (Golden State Warriors)

Salário: US$ 28,3 milhões
Patrocínios: US$ 15 milhões
Total: US$ 43,3 milhões

Também teve redução de salário na franquia, passando de US$ 32,7M para US$ 28,3 milhões permanecendo como o sétimo mais bem pago da liga.

8 - Kyrie Irving (Boston Celtics)

Salário: US$ 26 milhões
Patrocínios: US$ 17 milhões
Total: US$ 43 milhões

Caindo da 6ª para a 8ª posição no ranking, o armador trocou o Boston Celtics também pela máquina formada no Brooklyn Nets em 2021. Com salário menor, agora de US$ 26 milhões (ante 31,7 na temporada passada) Irving ficou de fora de alguns jogos no início da temporada o que custou US$ 900 mil a ele. A renda de patrocínios também caiu de US$ 20 para US$ 17 milhões este ano.

9 - Chris Paul (Oklahoma City Thunder)

Salário: US$ 33,1 milhões
Patrocínios: US$ 7 milhões
Total: US$ 40,1 milhões

Outro que mudou de time, saindo do Oklahoma City Thunder e indo para o Phoeninx Suns, Paul recebe US$ 5 milhões a menos agora e caiu uma posição, sendo o nono colocado na lista.

10 - Damian Lillard (Portland Trail Blazers)

Salário: US$ 25 milhões
Patrocínios: US$ 14 milhões
Total: US$ 39 milhões

Na mesma posição do ano passado, Lillard permanece na franquia de Portland com salário de US$ 25 milhões, 5 a menos que no ano passado. Fechou parceria com a Gatorade este ano e pode ter acréscimo de patrocínio nos próximos anos.