Jogos Olímpicos de Tóquio podem ficar sem a presença dos principais astros da NBA. Sim, essa informação foi confirmada pelo próprio comissário da Liga Norte Americana de Basquete - Adam Silver, em entrevista a CNN.

O dirigente da NBA revelou que a tendência é de que a entidade limite a participação de seus atletas na próxima edição da Olimpíada, a ser realizada em Tóquio, no próximo ano. Mas não pense você que essa restrição será diretamente por conta da pandemia do novo Coronavírus que afeta o planeta; pois não é. A limitação é por decorrência a esses estarem disputando os playoffs do Campeonato de Basquete dos Estados Unidos no mesmo período.

Nesta mesma entrevista, Silver disse que a próxima temporada da NBA deverá começar somente em 2021 e em um cenário mais otimista, a competição poderia iniciar na semana do Natal deste ano.

"Há muitos grandes jogadores americanos. Podemos estar distante de um cenário em que os 15 melhores jogadores da NBA não estejam em disputa nas Olimpíadas. Obviamente que existem muitos jogadores de nossa Liga que poderão participar dos jogos de Tóquio por outros países. Isso é algo que teremos que resolver. Digo apenas, por fim, que essas são circunstâncias altamente únicas e incomuns; então teremos que encontrar uma maneira de fundir e mesclar essas duas condições concorrentes", destacou Adam Silver.

A cerimônia de abertura dos jogos Olímpicos de Tóquio está marcada para ocorrer no dia 23 de julho de 2021. Por conta da pandemia, a NBA que normalmente se iniciava no final de outubro, na próxima temporada na melhor das hipóteses poderá iniciar na última semana de dezembro, com isso não teria tempo hábil para finalizar a competição até os jogos olímpicos.