Por que os europeus não dão importância ao Mundial de Clubes?

Por diferentes motivos, europeus e sul-americanos tratam de forma extremamente oposta a relevância do Mundial promovido pela FIFA.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Neste sábado, às 14h30 (Horário de Brasília), Flamengo e Liverpool se enfrentam na grande final do Mundial de Clubes. Frente a frente, dois dos melhores times do futebol mundial entram em rota de colisão, e certamente, este será o jogo mais importante dos últimos anos, correto? Não é bem assim. A edição do Mundial de Clubes da FIFA de 2019 fez com que um tema voltasse a ser fortemente debatido: Por que os europeus dão menos importância a este torneio do que os sul-americanos?

Mundial em cada continente tem visões diferentes

Bem, alguns fatores conseguem explicar essa diferença de relevância do ponto de vista de cada equipe. Primeiramente, o calendário inglês, mais especificamente, é extremamente atribulado nesta época da temporada europeia. Em 2019, por exemplo, o Liverpool irá fazer 9 jogos apenas em dezembro, totalizando uma média de 1 partida a cada 3 dias, e por 4 competições distintas. Por termos de logística, ir ao Catar em meio a tudo isso é altamente desgastante.

Outro ponto ainda que podemos citar é que na temporada europeia, o mês de dezembro é tratado por muitos jogadores, técnicos e especialistas como o mês mais decisivo, tendo em vista que alguns jogos muito relevantes acontecem neste período, como as rodadas finais da fase de grupos da Liga dos Campeões - onde o Liverpool alcançou a classificação aos playoffs no último jogo - e também alguns duelos das copas nacionais. Sendo assim, um torneio internacional de meio de temporada não é tão importante quanto o sucesso nacional ou continental. Na temporada sul-americana, mais precisamente brasileira, o Mundial de Clubes representa a última competição do ano e o ápice da temporada de um clube, o que faz com que cheguem à competição com o máximo nível de foco e concentração.

O tratamento e a relevância da competição entre europeus e sul-americanos é abismal. Pelo lado "mais fraco" do duelo, é a grande chance de mostrar ao mundo que mesmo não sendo o grande centro do futebol mundial, é possível vencer o melhor time da Europa. Entretanto, conforme reportagem publicada pelo site de apostas esportivas Betway, historicamente os clubes europeus, e até mesmo os torcedores do "Velho Continente" fazem questão de colocar a competição em segundo ou até terceiro plano. Falando exclusivamente da Inglaterra, a competição não é muito apreciada pelos torcedores, uma vez que é necessário abandonar competições nacionais, como o caso do Liverpool, que foi eliminado de uma das copas do seu país para a disputa do Mundial de Clubes. Tal postura gera diversos questionamentos por parte da imprensa sobre qual o real objetivo da competição organizada pela FIFA.

Liverpool nunca venceu o Mundial

Ainda assim, um fator que pode pesar na edição deste ano para o clube inglês, é o ineditismo da taça. O Liverpool nunca venceu o Mundial de Clubes, tanto na nova edição promovida pela FIFA, quanto nos anos anteriores, onde, coincidentemente, foi derrotado pelo próprio Flamengo em 1981, jogo que terminou 3x0 a favor dos brasileiros, em Tóquio, no Japão.

Veja o histórico do time Inglês no Mundial nas outras 5 vezes que conquistou a Liga dos Campeões da Europa:

  • 1977 - Liverpool desistiu de participar da competição. Assim, o vice-campeão Borussia Mönchengladbach representou o continente europeu. A edição foi disputada em dois confrontos, um na Argentina e outro na Alemanha. Após empate por 2x2 na América do Sul, o Boca Juniors venceu o confronto de volta jogando na casa do adversário por 3x0 e conquistou a taça.
  • 1978 - Não Ocorreu - Liverpool e Boca Juniors (ARG) desistiram da competição devido ao calendário
  • 1981 - Liverpool 0 x 3 Flamengo (BRA)
  • 1984 - Liverpool 0 x 1 Independiente (ARG)
  • 2005 - Liverpool 0 x 1 São Paulo (BRA)

Já o Flamengo alcançou em 2019 apenas o bicampeonato da Libertadores e participa pela segunda vez de um Mundial, o primeiro na nova edição promovida pela FIFA. O confronto será novamente contra o Liverpool, quando em 1981 os brasileiros venceram por 3 a 0 com grande atuação de Zico.

Certamente, para os europeus, não há a necessidade de um duelo com o melhor clube da América do Sul para definir quem é a melhor equipe do futebol mundial, uma vez que a maior parte dos recursos, a maior visibilidade e os melhores jogadores estão no continente europeu. Certamente para os torcedores europeus a Liga dos Campeões é o principal torneio a vencer e o Mundial é apenas um torneio comum, talvez até menos importante que as Copas Nacionais. Até por isso, a FIFA vem estudando mudar o formato do torneio, incluindo mais times da Europa, para um embate mais atrativo por lá.

Mundial de Clubes é tratado de formas diferentes entre europeus e sul-americanos. (Foto:FIFA)
Mundial de Clubes é tratado de formas diferentes entre europeus e sul-americanos. (Foto:FIFA)

Historicamente, desde que a competição foi reconhecida e administrada pela FIFA, foram realizadas 19 edições do Mundial de Clubes, sendo 4 edições vencidas por sul-americanos e 14 edições nas mãos dos europeus. Tamanha supremacia apenas evidencia diferença entre o que há de melhor no futebol de cada continente. Em finais, os europeus foram vencedores em 10 oportunidades, enquanto os sul-americanos levaram a melhor em 4 oportunidades.

Esse amplo favoritismo também é evidenciado quando o assunto é probabilidade. Na edição do Mundial de 2019, por exemplo, uma das maiores casas de apostas da Europa dá, em média, 70% de chance de vitória para o Liverpool, enquanto o Flamengo é cotado como zebra, com apenas 20%. Mesmo com a grande diferença entre a expectativa de cada equipe, isto é praticamente uma obviedade quando europeus e sul-americanos duelam entre si. Fato recorrente.

Mesmo com uma certa "indiferença" dos europeus por parte da importância da competição, os sul-americanos fazem questão de tratar o Mundial de Clubes como um jogo histórico, algo para ser eternizado. Ter a oportunidade de enfrentar os melhores do futebol mundial é algo único, e ainda mais em caso de vitória, fica marcado na memória do torcedor como uma prova de que é possível vencer os melhores clubes. Liverpool e Flamengo se enfrentam neste sábado, e certamente será um grande jogo, mesmo as equipes tratando de formas bem distintas o título da competição.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal