O Bayern de Munique que se prepara para estrear no Mundial de Clubes da FIFA, após a conquista da Champions League 2019/2020, chega ao Catar como o grande favorito ao título. Os "Bávaros" chegam a essa competição com o elenco mais valioso do torneio, segundo o site alemão "Transfermarkt", que avaliou o time de Lewandowski e Cia em 879,5 milhões de euros - algo em torno de R$ 5,7 bilhões.

Para se ter uma noção do valor de mercado do elenco alemão, todos os outros participantes juntos, entre eles o Palmeiras, valem 232,8 milhões de euros - R$ 1,5 bilhões, ou seja, 4 vezes menos que o todo poderoso Bayern de Munique. Claro que isso não é sinônimo para declarar como o grande campeão Mundial, pois para isso terá que vencer dentro das quatro linhas.

Palmeiras - o segundo mais valioso

O time brasileiro e representante sul-americano no Mundial de Clubes da FIFA, segundo a Transfermarkt, tem seu elenco avaliado em 95,5 milhões de euros - R$ 618,6 milhões. Se compararmos ao Flamengo de Jorge Jesus que esteve na competição em 2019, esse na época era avaliado em 104,8 milhões de euros, contra 1,09 bilhões de euros do Liverpool - time que representou o continente europeu e que tinha um valor de mercado 10 vezes maior que o do Rubro-Negro.

Por sua vez, o Palmeiras chega ao Mundial de Clubes valendo 9,2 vezes menos que o Bayern de Munique. Mas como já disse a cima, valor de plantel não significa conquista de título; lembramos o Inter de 2006, que venceu o torneio ao bater o todo poderoso Barcelona de Ronaldinho Gaúcho e Cia, que na época valia 9,3 vezes mais que o Colorado. Também podemos colocar nesta balança, o Corinthians, que em 2012 levou o troféu ao bater o Chelsea, avaliado 12,9 mais que o clube brasileiro.

Valores dos elencos da UEFA e da CONMEBOL no Mundial de Clubes da FIFA nos últimos cinco anos:

2020

Bayern de Munique - 879,5 milhões de euros

Palmeiras - 95,5 milhões de euros

2019

Liverpool - 1090 bilhões de euros

Flamengo - 104, 8 milhões de euros

2018

Real Madrid - 716, 2 milhões de euros

River Plate - 86,3 milhões de euros

2017

Real Madrid - 743 milhões de euros

Grêmio - 59,4 milhões de euros

2016

Real Madrid - 700 milhões de euros

Atlético Nacional - 20 milhões de euros