O Brasil terá suas representantes no quadro de árbitros para o Mundial de Clubes da FIFA, que será disputado no próximo mês de fevereiro, no Catar. Sim, mesmo tendo chances reais de estar presente no torneio com uma de suas equipes - visto que Santos e Palmeiras seguem vivos na briga pelo título da Libertadores 2020, ao lado de River Plate e Boca Juniors - nas semifinais da competição, o nosso país terá também os seus representantes no quadro de arbitragem do torneio.

Nesta segunda-feira, a FIFA anunciou o quadro de arbitragem que estará presente no Mundial de Clubes de 2020, e nele estão presentes a paranaense - Edina Alves Batista (árbitra) e a catarinense Neuza Back (assistente).

Para a sua competição de clubes, a entidade máxima do futebol mundial selecionou sete árbitros e 12 assistentes - com mais 7 árbitros de vídeo, onde esses viajarão para o Catar uma semana antes do início do torneio aqui em questão, que será realizado entre os dias 1º e 11 de fevereiro.

Edina Alves Batista e Neuza Back

As duas brasileiras selecionadas para compor o quadro de arbitragem do Mundial de Clubes, fazem parte do quadro da FIFA, onde Neuza Back já compõem esse mesmo desde 2014, com Edina Alves Batista entrando no ano de 2016. Edina esteve presente no último Mundial Feminino, disputado na França, em 2019; neste torneio ela comandou a partida de semifinal entre Inglaterra e Estados Unidos, com a Neuza Back estando também presente.

O Mundial de Clubes da FIFA 2020 irá utilizar três estádios que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2022. O sorteio para determinar os cruzamentos está previsto para esse mês, mais propriamente dito no dia 19, em Zurique - Suíça.