De acordo com o novo contrato assinado no último ano, Messi poderá ficar livre pra escolher qualquer outro clube caso a Cataluña se torne independente da Espanha. Essa é uma das cláusulas de seu novo acordo, renovado em novembro.

Segundo o jornal "El Mundo", o novo acordo assinado por Messi junto ao Barcelona permite que o jogador seja desligado imediatamente sem a necessidade de pagar multas ou qualquer outro valor - no caso a multa se refere a não participação do clube catalão a nenhuma liga europeia de primeiro nível. O valor da mesma seria de 700 milhões de euros, algo em torno de R$ 2,7 bilhões.

O periódico informa também que Messi só admite ficar no clube se o Barça jogar as competições importantes da Europa, tais como a Liga da Espanha, Inglesa, Alemã e Francesa e não simplesmente jogar com times como Espanhol, Girona e outras equipes catalãs.

Sobre essa informação do jornal espanhol, o Barcelona confirmou a existência da cláusula, admitindo que Messi possa sim "ficar livre" caso a Cataluña se torne independente, entendendo o lado do atleta, onde a direção destaca que ele teve um "gesto de compromisso".