Passando por dias absolutamente caóticos no que se refere ao clima entre jogadores e a diretoria do clube. Além da queda de Ernesto Valverde para a chegada de Quique Setién e a recente "rusga" entre Eric Abidal e o elenco Culé, somado as informações de que a diretoria do Barça teria contratado uma empresa para fazer críticas ao plantel deixou as coisas ainda mais problemáticas nessa relação entre o clube e uma de suas maiores estrelas - se não a maior.

Se não bastasse tudo isso, uma informação vinda do jornalista - Ariel Senosiaín, da "Radio Continental", poderia causar uma movimentação bombástica do mercado de transferências envolvendo Lionel Messi e a Major League Soccer. Mais precisamente, o Los Angeles Galaxy.

De acordo com o jornalista acima citado, o mesmo pontuou que o técnico também argentino Guillermo Barros Schelotto chegou a fazer uma ligação para o pai de Lionel, Jorge Messi, para saber informações sobre a real situação do jogador com o clube da Catalunha e apresentar a ideia dele se transferir para a equipe angelina.

Lionel Messi - craque argentino do Barcelona.
Lionel Messi - craque argentino do Barcelona.

A informação vinda deste jornalista vai ao encontro do tom sério adotado por outro profissional da área - o jornalista José Álvarez, do programa de TV espanhol "El Chiringuito", onde esse por sua vez garante que o atleta estaria "farto" de viver momentos onde o foco das críticas recai unicamente sobre os atletas do Barcelona:

"Desde o seu entorno, dizem que está no limite. Se continuar essa direção no verão, ele planeja seriamente ir embora. Está farto de que a culpa caia nos jogadores e a direção não assuma a sua como nas contratações ou no planejamento", destacou Álvarez.

Vale ressaltar que além do clube norte-americano em questão, outro clube do mesmo país não descarta a possibilidade de apresentar uma proposta ao craque argentino - aqui falando do Inter City - clube de David Beckham, que fará a sua estreia no Campeonato Norte-Americano nesta temporada e que está em busca de um grande craque para entrar com o "pé-direito" nas competições.