Lionel Messi - o gênio, o monstro; seja qual for o adjetivo encontrado para o atacante argentino, a "lenda" não para de aumentar e nesta última segunda-feira ele acrescentou outro capítulo histórico em sua carreira, tornando-se o único jogador a ter seis bolas de ouro.

Depois de dez anos após sua primeira Bola de Ouro, em 2009, o capitão do Barcelona conquistou seu sexto prêmio, vencendo o zagueiro do Liverpool Virgil Van Dijk - segundo e seu histórico adversário, Cristiano Ronaldo, que ficou com o terceiro lugar. O astro argentino deixa para trás o português, dono de cinco Bolas de Ouro, mas também outras lendas do futebol como Johan Cruyff, Michel Platini e Marco Van Basten com três.

Tendo estreado pelo Barcelona em 2004, Leo Messi - como também é conhecido por seus companheiros, parece continuar melhorando, com o passar dos anos, tanto que ele foi essencial para o Barça vencer a Liga 2018-2019 em maio, apenas alguns dias após o nascimento de seu terceiro filho, Ciro, e apesar do fato de a equipe do Barça não ter passado nas semifinais na Liga dos Campeões e ter perdido a Copa do Rei contra o Valencia, Messi, continuou somando recordes.

O argentino nesta última temporada - aqui falando da temporada 2018/2019 voltou a ser o artilheiro da Liga com 36 gols, sendo o primeiro jogador a receber seis Chuteiras de Ouro - novamente acima das cinco de Cristiano Ronaldo e de cara, marcou seu gol de número 700 com a camisa do Barça nas semifinais da Champions.

Com 32 anos, ele continua sendo a peça principal de um time que depende de seus objetivos, passes e visão de jogo. Discreto e tímido com as palavras, Messi aumentou suas declarações desde que a braçadeira de capitão ficou vaga após a saída de Andres Iniesta em 2018 - tendo ele assumido o posto e por esse motivo, se vê na obrigação de defender o clube também com palavras.

Em 15 anos vestindo a camisa do Barcelona, o craque argentino já entrou em campo em 701 jogos com a camisa do Barça, onde ganhou tudo o que podia e acabou se tornando no jogador do Barcelona com mais títulos na história do clube. Em suas conquistas com a camisa do Barcelona, Messi tem: 4 Champions (2006, 2009, 2011 e 2015), 10 Ligas espanholas, 6 Copas do Rei, 8 Supercopas da Espanha, 3 Supercopas Europeias e 3 Mundiais de Clubes.

O craque também coleciona recordes individuais: é o maior artilheiro da história do Barcelona - com 614 gols, assim como do campeonato espanhol - 428 gols, onde em 2014 ele superou o recorde que há 60 anos antes, havia sido estabelecido pelo lendário atacante basco Telmo Zarra com 251 gols.

Messi e suas
Messi e suas "bolas de ouro".

Seleção Argentina

A Messi, resta o desafio de alcançar a glória com a camisa da seleção argentina, algo que o outro gigante argentino Diego Armando Maradona conseguiu ao conquistar a Copa do Mundo de 1986.

O craque argentino e do Barcelona espera encerrar essa sina em 2020, na Copa América que será disputada na Argentina e na Colômbia. E quem sabe não realiza seu maior sonho em 2022, na Copa do Mundo do Catar!