Depois de Arthur, Messi também defende a volta de Neymar ao Barcelona

“Acredito que seja complicado. Gostaria que voltasse pelo que significa, tanto como jogador, quanto para o vestiário. Somos amigos, vivemos coisas lindas, outras nem tanto, mas passamos muito tempo juntos. Acho muito difícil que o Paris Saint-Germain deixe o sair", declarou o argentino

Por Minha Torcida
Compartilhe

E as especulações em torno do nome de Neymar Jr. em um possível retorno ao Barcelona continuam fortes. Após o volante brasileiro - Arthur declarar em entrevista pública que sonha com o retorno do atacante brasileiro; nesta última quarta-feira foi à vez do argentino Lionel Messi declarar em entrevista ao jornal espanhol "Marca" que gostaria que seu ex-companheiro de time e amigo particular voltasse ao clube catalão; mas o mesmo acha complicado um retorno - pelo menos por hora.

Lionel Messi - craque argentino do Barcelona.Lionel Messi - craque argentino do Barcelona.

"Acredito que seja complicado. Gostaria que voltasse pelo que significa, tanto como jogador, quanto para o vestiário. Somos amigos, vivemos coisas lindas, outras nem tanto, mas passamos muito tempo juntos. Acho muito difícil que o Paris Saint-Germain deixe o sair. O clube não vai deixar ele sair", afirmou Messi.

Além da questão referente à Neymar, o craque argentino foi perguntado sobre as conquistas de Modric e também sobre o "Campeonato Espanhol" sem a presença de Cristiano Ronaldo, onde Messi tentou se esquivar de tais temas, dando opinião somente sobre a questão referente ao craque português.

"No início da temporada já havia falado que o Real Madrid era um grande clube, uma dos melhores do mundo, com grandes jogadores. Mas também declarei na época que Cristiano faria falta em qualquer equipe. Marca muitos gols em cada temporada, além disso, te dá muitas outras coisas em campo. Cristiano foi um grande jogador para a Liga e para o Real Madrid; foram disputas bonitas", declarou o camisa 10 do Barça.

Na mesma entrevista, Lionel Messi deixou claro que atualmente a sua prioridade é a sua família, mesmo amando o futebol. Ainda nesta, o craque argentino deu a entender que gostaria de voltar a trabalhar com Pep Guardiola - que atualmente comanda o Manchester City, com quem conquistou grandes prêmios no clube espanhol.

"Mesmo sendo muito difícil, gostaria de voltar a trabalhar com o Guardiola. É um dos melhores treinadores do mundo. Por isso gostaria, mas aviso que isso é bem complicado.

Vale lembrar que a janela de transferências para o mercado do futebol está a poucos dias de se abrir, onde muitas coisas poderão acontecer e muitas surpresas dessa poderão surgir.

Mais sobre: messi neymar barcelona
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal