Sem negócio! Pelo menos é essa a promessa do Borussia Dortmund quanto à investida do Manchester United para com um de seus jovens promissores - aqui falamos de Jadon Sancho, que na verdade já é uma realidade dentro do time alemão.

De acordo com informações do jornal "Bild", da Alemanha, mesmo que os "Reds Devils" apareçam com um "caminhão de dinheiro", a direção do Dortmund já revelou que irá recusar a oferta, que estaria na casa dos 120 milhões de euros - algo em torno de R$ 786 milhões.

Motivos para não ter pressa

O clube alemão está tranquilo quanto às investidas em seu jovem atleta, muito por conta do tempo de contrato - que vai até 2023 e desta forma não está interessado em vendê-lo neste momento; uma vez que não teria tempo hábil para investir em um jogador deste mesmo nível.

Além desse motivo, o Dortmund espera que com uma vacina para o Coronavírus até janeiro de 2021, a crise financeira seja amenizada e assim outros clubes poderiam estar interessados no inglês e as ofertas poderiam ficar maiores.

Mesmo não tendo um início de temporada aquém do desejado - onde não pode disputar a Supercopa da Alemanha por conta de um problema físico e pela quebra das regras de protocolo da COVID-19 com companheiros da seleção inglesa, o time alemão ainda assim esperam muito do atleta, acreditando em seu potencial.