Escolhido como o melhor jogador da última Libertadores da América, o atacante gremista voltou às manchetes do mercado da bola, agora cobiçado pela Lazio, da Itália. Segundo a reportagem do periódico nesta última segunda-feira, representantes italianos já entraram em contato com os representantes do jogador.

Com uma multa rescisória estipulada em 18 milhões de euros - cerca de R$ 70,74 milhões, Luan renovou na última temporada seu contrato com o clube gaúcho; o vínculo entre jogador e clube foi estendido até 2020.

Não escondendo o sonho de jogar na Europa, Luan por muito pouco não deixou o Grêmio na metade da temporada passada - com assédio de clube como a Sampdoria e o Spartak Moscou, Luan preferiu na época continuar com seu protagonismo no clube que o revelou, entretanto, as chances dele sair em 2018 após a conquista do "Tri da América", aumentaram e muito.

No final do ano, Luan deu à seguinte manifestação a imprensa em relação à sondagem de clubes do velho-continente.

"Tenho um sonho de jogar na Europa, mas não posso ter pressa. Eu acho que irei no momento certo. Tive algumas propostas, mas fiquei para ganhar a Libertadores e agora quero jogar a Copa do Mundo", declarou o atacante gremista.