De acordo com as últimas informações a respeito do atacante uruguaio, que estaria negociando com Atlético de Madrid e Real Madrid, Cavani também continua na mira do Tricolor Gaúcho, que segundo os canais ESPN, teria apresentado uma proposta ao jogador na casa dos R$ 22 milhões por ano, com um salário mensal girando em torno de R$ 1,7 milhão por mês.

Segundo a informação de Jorge Nicola - comentarista dos canais ESPN, em seu blog no site "Yahoo", Romildo Bolzan Júnior teria dito ao irmão e empresário de Cavani que o Grêmio pagaria 3,5 milhões de euros por temporada ou algo em torno de R$ 22,3 milhões - incluindo 13º salário.

Para que isso possa se tornar realidade, o Grêmio deverá contar com ajuda de dois parceiros comerciais no pagamento dos salários do uruguaio e de acordo com Nicola, os negócios têm sido conduzidos pelo próprio mandatário gremista e do CEO do clube - Carlos Amodeo.

Segundo fonte ouvida pelo jornalista, Edinson Cavani teria ficado impressionado com a receptividade dos gremistas para com seu nome, porém, ele declarou que o atacante tem o desejo de permanecer por mais alguns anos na Europa e para isso ainda estaria atrás de um novo clube no Velho Continente.

Obviamente que o Grêmio não tem como concorrer com o mercado europeu - aliás, nenhum time no Brasil teria nos dias de hoje - mas a sua proposta daria chances ao uruguaio de ficar próximo de seus familiares e de sua casa em Salto-URU - que fica a pouco mais de uma hora de voo de Porto Alegre-RS.

Seguimos com a novela Cavani e aguardando pelos próximos capítulos e seu final. Estamos atentos a qualquer movimentação do "mercado da bola" e a qualquer instante poderemos vir com novidades. Acompanhe.