City ou United? Alexis Sánchez tem propostas dos dois clubes, conta jornal

Manchester United entra na briga com o City por Alexis Sánchez do Arsenal. O City conta com o treinador que ajudou o chileno a despontar no futebol europeu.

Por
Compartilhe

A saída de Alexis Sánchez do Arsenal está cada vez mais próxima de acontecer, pelo menos no que diz respeito ao interesse de clubes do “velho continente”. Na briga pelo chileno, dois clubes da Inglaterra estão na disputa – o Manchester City e United.

Antes pretendido pelo Manchester City, que segundo informações já teria acertado salários com o jogador, agora é a vez do Manchester United entrar na briga pelo meia-atacante. De acordo com as informações do jornal inglês “The Guardian”, o United ofereceu 25 milhões de libras e mais o passe do armênio Mkhitaryan para poder contar com o seu futebol na próxima temporada.

O jornal acima citado conta que as chances de Sánchez ir para o Manchester City são muito maiores, principalmente pelo salário oferecidos a ele – City ofereceu um salário semanal de 250 mil libras, faltando apenas a concordância do Arsenal para que a transferência seja concretizada.

Clubes de Manchester, na Inglaterra disputam Alexis Sánchez.Clubes de Manchester, na Inglaterra disputam Alexis Sánchez.

Outro fator forte que poderá levar o meia-atacante chileno ao City, é o fato do jogador já ter sido treinado por Pep Guardiola no tempo de Barcelona, quando surgiu como um dos grandes nomes do futebol europeu.

Com a clara vontade de deixar a equipe londrina, o contrato de Alexis Sánchez com o Arsenal vai até junho de 2018, ou seja, ele já está livre pra assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe que desejar e com isso, se os Gunners não querem ver seu jogador partir de graça para um de seus rivais ingleses, terá que aceitar uma das propostas oferecidas pelo Manchester... Escolhendo a melhor proposta que se encaixa a seu favor.

O Arsenal sabedor da causa, também está no mercado e sonda jogadores como o brasileiro Malcon, do Bordeaux, da França. Segundo a imprensa inglesa, o clube francês pede 50 milhões de euros para liberar seu atleta.

Comentários