Com a negociação praticamente fechada, o Tottenham deverá desembolsar cerca de 22 milhões ao Real Madrid para contar com Gareth Bale por empréstimo de uma temporada, segundo informações da "Sky Sports"; valor esse suficiente para bancar o salário líquido do atacante, que é de 17 milhões de euros por temporada, além de bônus pela aquisição.

Outros 12 milhões de euros devem ser arcados pelo clube merengue - valor esse referente ao custo de 34 milhões de euros brutos por ano - incluindo impostos. Mesmo tendo que ainda bancar esses 12 milhões de euros por um jogador que não irá atuar pelo time na temporada, os merengues teriam um imenso alivio em sua folha salarial em um período de crise, o que compensa a sua saída momentânea.

Para a conclusão do negócio, pequenos detalhes restam para o anúncio oficial, que deverá sair até o final desta semana. Inclusive o atacante galês já teria passado por exames médicos prévios no Centro de Treinamentos do Real Madrid.

Vale aqui ressaltar que Gareth Bale ganhou destaque no mundo do futebol por suas excelentes exibições justamente com a camisa do Tottenham, entre os anos de 2007 e 2013. Mesmo sendo emprestado por apenas uma temporada e retornando em 2021 ao clube espanhol, o jogador ainda seguirá com seu futuro indefinido.