Pottker entra na mira do Cruzeiro, que o deseja por empréstimo, no entanto o Internacional - dono dos direitos econômicos do jogador só aceita liberá-lo mediante a uma contrapartida.

Sim, o Cruzeiro que está em busca por reforços na tentativa de se "livrar" da Série B ainda em "2020" e gostaria de poder contar com o atacante colorado de 26 anos, não terá sua vida facilitada nesta possível negociação. O jogador tem contrato com o clube gaúcho até junho de 2021 e esse por sua vez não tem interesse em emprestá-lo pura e simplesmente.

Para liberá-lo, a direção do Inter espera uma compensação - pode ser ela técnica ou financeira e o possível cenário para o atacante aqui em questão vir a vestir a camisa do Cruzeiro é único, ou seja, o time mineiro paga um valor aos gaúchos e assume o seu salário integral ou oferece ao Inter um jogador de seu elenco como moeda de troca.

Mesmo tendo anunciado recentemente a contratação do atacante Abel Hernández, o Inter ainda está em busca de mais um homem para a posição em seu elenco e se permitir a saída de William Pottker, teria que ir em busca de duas peças e não somente uma.

Lesionado neste momento, Pottker está longe de ser uma unanimidade pelos torcedores colorados e longe de ser o número 1 para a posição mais carente do time e com isso as chances dele deixar o Beira-Rio são enormes, mas sem uma compensação, dificilmente ele integrará o elenco do Cruzeiro nesta temporada.

Sem dinheiro em caixa e sem querer aumentar ainda mais o rombo neste mesmo, o Cruzeiro que tem interesse real no atleta, ainda vê um empecilho a mais em sua contratação - a questão salarial. O jogador em questão recebe acima do teto do Cruzeiro, que hoje é de R$ 200 mil - pagos ao goleiro Fábio e desta forma a vontade de contar com o artilheiro do Brasileirão 2016, poderá ficar tão somente na "vontade".