Mesmo tendo Everton (Cebolinha) praticamente encaminhado para ser contratado, o Benfica a pedido de Jorge Jesus parece não ter desistido de Bruno Henrique, ex-comandando do técnico português no Flamengo.

Aos 29 anos, o atacante flamenguista é uma das prioridades indicadas por "Mister", que teve Bruno Henrique como titular e uma das principais peças suas no tempo em que comandou o Rubro-Negro.

Essa informação que trazemos até aqui, foi publicada pelo jornal lusitano "A Bola", que indica que os "Encarnados" estariam preparando uma nova oferta, agora na casa dos 12 milhões de euros - algo próximo a R$ 75 milhões na atual cotação.

Dificilmente o Flamengo irá aceitar tal proposta, ainda mais se o Benfica confirmar a contratação de Everton - do Grêmio por algo em torno de 22 milhões de euros - é óbvio que o Rubro-Negro então pedirá mais por seu atacante.

Mesmo assim, o diário português destaca o seguinte a respeito do interesse do Benfica em Bruno Henrique:

"O Benfica está se movimentando em vários tabuleiros do mercado para oferecer a Jorge Jesus as peças de xadrez que o técnico quer para formar o plantel com que pretende "arrasar" na temporada 2020/2021".

Além disso, o jornal "A Bola" ainda salienta que Bruno Macedo - empresário do clube português no Brasil, é o grande responsável pela negociação direta com o Flamengo a fim de confirmar a contratação do atacante flamenguista; assim como deseja Jesus.

Falando exclusivamente de Bruno Henrique, esse mesmo tem contrato válido com o Flamengo até dezembro de 2023, com uma multa rescisória na casa dos 35 milhões de euros - cerca de R$ 214 milhões e dificilmente - como já declaramos acima, o Rubro-Negro irá liberá-lo por qualquer valor; lembrando que o clube carioca já sinalizou que não irá aceitar qualquer tipo de oferta abaixo a esse valor.