Um dos jogadores mais promissores do atual elenco do Corinthians, o lateral-esquerdo Carlos Augusto pode estar de saída do clube nos próximos meses. Isso porque, mesmo contando com grande apreço e empolgação por parte da diretoria e da comissão técnica, o clube busca fontes de receitas, para quitar os débitos do período em que não houve futebol no pais.

A paralisação por conta da pandemia do novo Coronavírus deixou o Corinthians com aproximadamente 4 meses sem jogos oficiais, e consequentemente, sem nenhuma fonte de receita. Sendo assim, para conseguir uma quantia suficiente para "se salvar" financeiramente, o Timão trabalha com a saída de alguns jogadores, e Carlos Augusto é o mais próximo disso.

O time interessado em tirar o jogador do Corinthians é o Monza, equipe da 2ª divisão da Itália. No início desta temporada, a equipe já tentou a contratação de Carlos Augusto, mas as treatativas não evoluíram. No início do mês passado, uma nova investida foi realizada, mas os valores foram considerados muito baixos pela diretoria corintiana. Agora, com valores maiores, e o negócio pode acontecer.

Carlos Augusto está perto de deixar o Corinthians. (Foto:Divulgação/Corinthians)
Carlos Augusto está perto de deixar o Corinthians. (Foto:Divulgação/Corinthians)

Time comprado pelo bilionário Silvio Berlusconi, o Monza foi campeão da 3ª divisão na temporada passada, e já busca o acesso para a elite nesta temporada. O excelente aporte financeiro faz com que o clube tenha boa margem de negociação com o Corinthians. Carlos Augusto tem cidadania italiana, além de passagens pela seleção sub-20 do pais, e por não ser um extra-comunitário, deve ser a grande aposta do Monza nesta janela de transferências.

Com apenas 36 jogos pelo Corinthians, Carlos Augusto é formado no Corinthians e tem contrato até fim de 2021. O clube paulista é dono de 100% dos direitos econômicos do jogador, e uma possível saída vem em boa hora, pois há um substituto na mesma situação: Lucas Pitón.

Aos 21 anos, Carlos está em sua terceira temporada no profissional. Ele subiu em 2018. Em 2020, após iniciar fora dos planos de Tiago Nunes, conseguiu espaço e já acumula quatro jogos seguidos como titular.