Sem estar nos planos de Vanderlei Luxemburgo para a temporada, o atacante Deyverson deve mesmo ser negociado, e esse clube pode estar vindo da China, segundo as últimas informações do "mercado da bola".

Sem revelarem qual seria o clube que nos últimos dias apresentou uma proposta ao atleta acima citado, a direção do Palmeiras não curtiu os valores oferecidos, mas segue negociando uma possível venda de Deyverson a esse time da China.

De férias após o término de seu contrato de empréstimo com o Getafe - da Espanha, o atacante teve seu nome novamente incluso no BID - Boletim Informativo Diário da CBF e com isso volta a ser jogador do Palmeiras.

Lembramos que essa não é a primeira vez que Deyverson recebe uma proposta do futebol chinês. Em 2018, o jogador também foi procurado, mas na ocasião o Palmeiras o segurou a pedido do então técnico Luiz Felipe Scolari.

Deyverson - atacante
Deyverson - atacante

Salientamos mais uma vez que o atacante não faz parte dos planos da comissão técnica do "Verdão" e mesmo assim, caso não seja vendido até o início de agosto, terá que se reapresentar ao Palmeiras; porém, a decisão de treinar ou não com elenco será tomada entra a direção e a comissão técnica.

O Palmeiras já conta com um atleta treinando de forma "isolada" dos demais jogadores do elenco principal - trata-se do meia Guerra, que segue trabalhando individualmente na Academia.

Voltando a Deyverson, o jogador tem contrato com o Palmeiras até junho de 2022, onde o Palmeiras tem 70% dos direitos econômicos do mesmo; direitos esses comprados em 2017, juntos ao Levante - da Espanha, por 5 milhões de euros.