Depois da imprensa portuguesa noticiar o interesse do Benfica e do técnico Jorge Jesus, recém-contratado pelo clube, o nome do atacante Everton, destaque do Grêmio, começa a ser tratado como um possível reforço, de fato, para a próxima temporada. Isso porque, o atacante gremista foi definido pela diretoria do Benfica como "grande alvo" no mercado, e com isso, os moldes de uma proposta oficial já começa a ser formulada.

Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, a proposta oficial preparada pelo Benfica seria a seguinte: 20 milhões de euros (aproximadamente R$118 milhões), que seriam pagos por 50% dos direitos econômicos do jogador. Com isso, o clube gaúcho ficaria com 10% dos direitos econômicos de Everton, que seriam utilizados em uma negociação futura.

Everton é o grande alvo do Benfica para a próxima janela de transferências. (Foto:Divulgação/Grêmio)
Everton é o grande alvo do Benfica para a próxima janela de transferências. (Foto:Divulgação/Grêmio)

Internamente, a diretoria gremista entende que esta proposta seria muito atrativa, e a tendência é de que o clube deva aceitar e avançar nas negociações. Ainda de acordo com o jornalista, as tratativas devem ter um desfecho até o fim da próxima semana. A grande e conhecida admiração do técnico Jorge Jesus desde os tempos em que comandava o Flamengo faz com que, mesmo que tenha que desembolsar uma quantia acima do esperado, possa investir ainda mais no atacante.

De acordo com o site Transfermarkt, principal indicador de valor de mercado dos jogadores no futebol mundial, Everton está avaliado em 28 milhões no euros (cerca de R$165,2 milhões na cotação atual), mas o valor pedido pelo clube gaúcho é de, pelo menos, 30 milhões de euros (R$177 milhões). Entretanto, se o valor oferecido for próximo, há a possibilidade de negociação. Everton tem contrato com o Grêmio até o fim de 2023.