Campeão da Bundesliga neste ano, o Bayern de Munique parece já está pensando na temporada 2020/2021 e para isso já está atrás de novos reforços, como o meia-atacante Leroy Sané, do Manchester City, segundo informou o próprio técnico do time inglês - Pep Guardiola.

Sem aceitar renovar seu contrato com os "citizens", Sané deve mesmo estar de saída da Premier League, partindo para o futebol alemão, onde desde a última temporada já é alvo do Bayern de Munique.

Assim como já descrito acima, o treinador catalão foi bem claro quanto à situação do atleta, confirmando que o clube tentou de várias formas renovar o seu vínculo, mas todas elas foram rejeitadas, dando sinal claro que realmente irá deixar o Manchester City ao final desta temporada, lamentou o espanhol.

"Leroy disse que não quer prorrogar seu contrato. Isso significa que ele quer ir embora. Isso vai acontecer neste verão ou no final de seu contrato. O clube ofereceu duas ou três propostas e ele as rejeitou, então ele vai jogar em outro clube; infelizmente", declarou Guardiola.

Sem a renovação de seu vínculo com o clube inglês, Sané entrará em seu último ano de contrato com o Manchester City e assim, caso os "citizens" não acerte sua venda na próxima abertura do "Mercado da Bola", poderá vê-lo sair de graça ao final da próxima temporada.

Para tanto, é bem possível que o City tente vendê-lo aos Bávaros no próximo verão europeu, mas para isso os clubes precisam chegar a um acordo com relação ao valor a ser pago pelo meia-atacante. Mesmo podendo perdê-lo de graça mais a frente, o Manchester City não irá liberá-lo por pouco dinheiro.

"Leroy se recusou a estender o contrato e todo mundo sabe disso. Se no final desta temporada os dois clubes chegarem a um acordo ele irá sair, se não, ele fica mais um ano", finalizou o espanhol.

O meia-atacante alemão custou aos cofres do clube inglês 52 milhões de euros - em 2016 e desde então foi um dos principais atletas do City ao lado de Aguero e Sterling.