A pandemia do novo Coronavírus ainda vem mexendo com o mercado do futebol mundial. Na última semana, a Federação Chinesa de Futebol confirmou oficialmente que os jogadores que estão em outros países estão proibidos de retornarem à China até o fim de 2020, e por isso, estão liberados para buscar outros clubes, para atuar por empréstimo.

Há ainda a possibilidade do próprio clube chinês pagar parte, ou até mesmo 100% dos vencimentos dos jogadores, e com isso, as negociações com clubes brasileiros pode ser viabilizada, tendo em vista que todo ano, jogadores de destaque na China reforçam os principais times do Brasil. Foi justamente pensando nisso, que iremos esclarecer a situação de cada jogador, além dos clubes interessados. Confira:

Róger Guedes (Shandong Luneng)

Este é o grande "queridinho" do mercado chinês neste momento. Após ser alvo de vários clubes no fim de 2019, o atacante de 23 anos de idade deve ser alvo de leilão, principalmente pelo fato de que há a possibilidade do seu clube pagar parte de seus salários durante um possível empréstimo. Entretanto, quem tiver interesse real em contar com Róger Guedes, precisará desembolsar cerca de 3 milhões de euros, que serão pagos ao Palmeiras. Isso porque há uma cláusula no contrato do jogador que estabelece o pagamento de uma multa em caso de empréstimo.

Com isso, o Palmeiras terá direito a 3 milhões de euros caso o empréstimo para algum clube brasileiro seja confirmado. O principal interessado é o Atlético-MG, mas outros clubes, como Grêmio e Corinthians, podem entrar na disputa.

(Foto:Getty Images)
(Foto:Getty Images)

Alex Teixeira (Jiangsu Suning)

O meia-atacante revelado pelo Vasco da Gama é outro jogador muito bem visto pelo futebol brasileiro. Destaque de seu time na China, está no radar do Vasco, que há alguns anos já tenta sua contratação novamente. Atualmente com 30 anos de idade, o jogador tem contrato apenas até dezembro de 2020, o que já o avaliza a assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

Vale lembrar que, no momento, o Vasco da Gama é o principal interessado na sua contratação.

(Foto:Divulgação)
(Foto:Divulgação)

Anderson Talisca (Guangzhou Evergrande)

Sem dúvidas, o melhor jogador da lista. O meia, que foi revelado pelo Bahia, é um dos principais nomes do futebol chinês desde que foi contratado junto ao Besiktas, da Turquia, e é dono de grande qualidade técnica. Atualmente com 26 anos de idade, desperta interesse de muitos clubes, inclusive da Europa.

Entretanto, falando mais especificamente do futebol brasileiro, o Atlético-MG surgiu como primeiro interessado em sua contratação, mas a pedida salarial é o principal entrave. Além do Galo, o Bahia também surge como possível destino, e com isso, o jogador deve de fato ser o reforço do tricolor baiano.

(Foto:Divulgação)
(Foto:Divulgação)

Renato Augusto (Beijing Guoan)

Outro jogador muito bem visto pelos principais clubes do futebol brasileiro, o meia de 32 anos tem grande currículo, e desperta interesse do Flamengo, que sondou a situação do atleta. De acordo com alguns meios de imprensa do Rio de Janeiro, há a possibilidade dos chineses pagarem a maior parte dos salários do jogador, de acordo como as negociações forem evoluindo.

Outros clubes sondaram a situação do jogador, principalmente o Corinthians, mas as questões financeiras atrapalham as tratativas no momento.

(Foto:Divulgação)
(Foto:Divulgação)

Paulinho (Guangzhou Evergrande)

O meia, que tem passagens inclusive pelo Barcelona, ainda não teve seu nome vinculado a nenhum clube, mas conta com grande prestígio no futebol brasileiro. Atualmente com 31 anos de idade, deve ser alvo de procura do Corinthians nas próximas semanas, mesmo que a pedida salarial seja relativamente alta para os padrões brasileiros.

Além do Corinthians, o Bragantino, clube que o revelou para o futebol nacional, conta com investimento estrangeiro para contratações, mas nada oficial aconteceu até o momento.

(Foto:Divulgação)
(Foto:Divulgação)