Mesmo com o futebol no país paralisado por causa do novo Coronavírus, os grandes clubes do futebol nacional já se movimentam para possíveis reforços para a retomada do futebol, que deverá ocorrer entre os meses de julho a agosto.

Um desses é o Fluminense, que mesmo vivendo com uma séria crise financeira, ainda mais elevada com a paralisação do futebol no país, poderá em breve anunciar o retorno de um grande ídolo das Laranjeiras; aqui falamos do atacante Fred, que parece a cada dia estar mais próximo de defender o Tricolor nesta temporada.

Mário Bittencourt - presidente do Fluminense - imagem: arquivo
Mário Bittencourt - presidente do Fluminense - imagem: arquivo

A confirmação vem de dentro da sede do clube, através de seu presidente - Mário Bittencourt, que afirmou que irá realizar uma proposta oficial ao atleta.

"Terei dois tipos de conversa com Fred. Não tenho porque esconder isso. Tenho um tipo de conversa formal, como os representantes, e a conversa informal, com o jogador. Esse tempo todo que ele esteve fora do Fluminense e mesmo quando eu estive de fora, sem ser advogado ou dirigente, sempre conversamos. Às vezes me preocupo como as coisas são colocadas. Muitas vezes conversamos e não que dizer que é sobre sua volta. Teve outro dia que li uma postagem que ele comentou, eu comentei. Mas falei apenas uma vez com o estafe dele. Falei das minhas pretensões, eles a deles. Fiquei de formalizar uma proposta ao longo desse mês para podermos discutir algo mais técnico, firme. Devemos apresentar uma proposta até o dia 20 ou 25, de retorno a ele", declarou Bittencourt em entrevista ao site "globoesporte.com".

Para o mandatário do Fluminense, um acerto só será possível com o atacante mediante a liberação do departamento jurídico do clube, uma vez que Fred está em "separação" judicial com o Cruzeiro e a audiência que deveria ocorrer nos próximos dias, foi adiada devido à pandemia de Coronavírus.

O certo é que ambas as partes já externaram a vontade de voltarem a se unir - aqui no caso, Fred e Fluminense e essa só não ocorreu ainda por causa da medida judicial do atleta contra o clube mineiro.