Mesmo com a paralisação do esporte no mundo por conta da pandemia do novo Coronavírus, os rumores das negociações na próxima janela de transferências seguem agitando o mundo do futebol. E, da Europa, veio uma informação que pode ser interessante ao Grêmio: Tetê, atacante formado na base do clube e que está no Shakhtar Donetsk, desperta interesse da Roma, da Itália.

Considerado como uma das grandes promessas do futebol brasileiro, Tetê vem ganhando espaço no time ucraniano. Mesmo ainda sem ser titular absoluto, é uma peça importante no elenco, e é tratado como uma das maiores joias do clube nos últimos anos. Tanto talento e potencial fez surgir o interesse da Roma, que já fez sondagens por Pepê, atacante do Grêmio que vem ganhando espaço.

Tetê desperta interesse da Roma, e pode render dinheiro ao Grêmio. (Foto:UEFA)
Tetê desperta interesse da Roma, e pode render dinheiro ao Grêmio. (Foto:UEFA)

Caso a ida de Tetê ao futebol italiano se confirme, O Grêmio terá direito a uma quantia em dinheiro na negociação. Vale lembrar que o tricolor possue 15% dos direitos econômicos do jogador, além de 3% do mecanismo de solidariedade da FIFA, tendo em vista que o time brasileiro formou o jogador.

Atualmente, o valor de mercado de Tetê é 17 milhões de euros (cerca de R$71 milhões), mas a pedida dos ucranianos pelo atacante deve ser bem maior. Isso porque, no fim de 2019, o Bayern de Munique e o Milan tiveram interesse no atleta. Entretanto, as ofertas foram mais baixas do que o esperado pelo Shakhtar, que sequer entrou em negociações. Na ocasião, o empresário do jogador, Pablo Bueno, declarou que a transferência poderia ultrapassar 30 milhões de euros (R$ 157 milhões na cotação atual).