Vai ano, vira ano, abre janela, fecha janela, Neymar sempre está entre os jogadores com maior probabilidade de ser o grande reforço do Barcelona e para a temporada 2020/2021, isso não deve ser diferente.

De acordo com as últimas informações do "mercado da bola", o Barcelona voltou a colocar o atacante brasileiro como prioridade número um, porém, desta vez existe uma vantagem para o jogador que atualmente defende as cores do Paris Saint-Germain. Neymar conta com um consenso entre os diretores do "culé".

Segundo informações do site "UOL esporte", mesmo com a pandemia do Coronavírus podendo prejudicar os clubes financeiramente, a sequência de boas atuações de Neymar após dois anos repletos de lesões poderão fazer com que os espanhóis façam um esforço "aquém" do possível para repatriá-lo.

Ao liderar o PSG na classificação para as quartas de final da Champions League, em cima do Dortmund, Neymar mostrou que possivelmente retomou seu auge físico e técnico, isso sem contar que o brasileiro ainda conta com certo prestígio dentro do vestiário do Barcelona, mantendo amizade com Suárez e Messi, que mais de uma vez já demonstraram o interesse de contar com a volta da parceria do camisa 10 do PSG.

Neymar volta a mira do Barcelona.
Neymar volta a mira do Barcelona.

Com o "envelhecimento" dos dois astros do Barcelona, cresce dentro do clube e por parte da direção a necessidade da contratação de uma estrela de primeira linha do futebol mundial para manter o clube no mesmo patamar de hoje e aí que Neymar entra nesta lista.

Sem o PSG permitir sua saída na última janela de transferências, a partir de julho essa situação poderá tomar outros rumos, uma vez que o atacante não poderá mais ser impedido caso confirme que queira deixar o clube francês - contanto com a legislação de Registros e Transferências da FIFA, que permite que o Camisa 10 deixe o PSG mesmo contra a vontade de seu clube. Assim sendo, ele poderá trocar os gramados da França pelos gramados espanhóis, onde a FIFA colocaria um valor indenizatório a ser pago ao clube parisiense - situação essa que vem sendo amplamente estudada pelo clube catalão, mas não é a preferida, visto que o Barcelona deseja conseguir contratá-lo nas formas normais.

Desta forma o Barcelona tentará convencer o PSG na mesa das negociações, oferecendo a eles uma quantia em dinheiro e mais um ou dois atletas - Coutinho poderá estar nesse "bolo".

Vale aqui ressaltar que isso tudo dependerá de como as coisas irão transcorrer nos próximos meses devido à pandemia do Coronavírus, que poderá levar a FIFA e a UEFA a adotarem medidas que modifiquem os períodos de inscrição das competições para adaptá-los; até lá o craque segue em isolamento em sua casa, no Brasil, realizando treinamentos por conta própria.