Mesmo sendo considerado o maior nome da "Velha Senhora", a direção da Juventus não descarta a possibilidade de negociar Cristiano Ronaldo na próxima abertura da Janela de Transferências - que por hora deveria ser aberta no mês de julho, mas devido à pandemia do Coronavírus e com as indecisões no futebol mundo a fora, não tem uma confirmação de ser aberta neste período.

Essa decisão seria tomada como medida para diminuir os prejuízos causados pela crise provocada pela pandemia do "COVID-19", segundo informações do jornal italiano "Il Messaggero".

Mesmo com o elenco da "Juve" ter concordado em diminuir os seus salários durante esse período de crise, tal medida assim mesmo não solucionaria os problemas econômicos dentro do clube.

Obviamente que a venda do craque português seria apenas uma das medidas, porém, dirigentes da equipe de Turim já afirmaram que se caso Cristiano Ronaldo estiver disponível no "mercado", ele não deverá ser negociado por um valor abaixo dos 70 milhões de euros - algo próximo a R$ 397 milhões.

Cristiano Ronaldo - craque da Juventus.
Cristiano Ronaldo - craque da Juventus.

Vale ressaltar, que se a Juventus está passando por dificuldades financeiras por causa do momento de saúde vivido no mundo inteiro, outros clubes também estão na mesma situação e dificilmente teria esse valor para pagar ao jogador em questão - isso sem contar fatores como a idade do atacante, que já está com seus 35 anos e possui um salário astronômico de 31 milhões de euros por temporada - algo próximo a R$ 176 milhões ano.

A Juventus também estuda a manutenção de Cristiano Ronaldo pelo menos até o fim de seu contrato, em 2022, mas desde que ele aceite uma readequação em seus vencimentos - desta forma a direção do clube italiano poderia estender seu vínculo por mais um ano.

No entanto, isso não passa de meras especulações, visto que o clube ainda não tomou nenhuma decisão oficial sobre o que será feito a respeito do futuro de Cristiano Ronaldo, que assim como iniciamos falando nesta matéria, é ídolo no futebol italiano atualmente.