Mesmo em época de Coronavírus, veja possíveis negócios na "janela" de julho

Com a pandemia do "COVID-19" tomando conta do planeta, os torneios na atual temporada não tiveram suas conclusões ou seguimentos; mesmo assim, clubes já olham o mercado da bola por possíveis reforços.

Por Müller
Compartilhe

Pelo visto não será o Coronavírus que irá atrapalhar a próxima janela de transferência do mercado da bola, mesmo com toda indefinição sobre o futuro do futebol nos próximos meses. Notícias de possíveis negociações na próxima abertura do mercado da bola pipocam pelos quatro cantos do mundo, assim como nesta última terça-feira, por exemplo, onde Daniel Alves foi colocado na mira do Estudiantes - da Argentina.

Mesmo em grande parte do globo os clubes não sabendo como irão fechar seus orçamentos, a janela de julho mostra que poderá ter algumas movimentações e não somente aqui na América do Sul, onde acreditamos que será de "vacas magras", mas na Europa, que mesmo ainda não tendo encerrado a sua atual temporada, os clubes que permanecem em "quarentena", já analisam possíveis reforços para a temporada 2020/2021.

Na Alemanha, dirigentes do RB Leipzig já admitem que dificilmente conseguirão segurar a sua "jóia" - aqui falamos de Timo Werner, que estaria na mira do Liverpool.

"A nossa bola de cristal está curva. Não sabemos como será o próximo mercado da bola e como ele vai se desenrolar, que recursos vamos ter para investir e que dinheiro é que os outros clubes vão conseguir oferecer. É tudo uma incógnita", declarou Markus Krösche - diretor desportivo do clube alemão acima citado.

Mercado da Bola promete alguma movimentação em julho.
Mercado da Bola promete alguma movimentação em julho.

Outro que atualmente está na Europa e que dificilmente permanecerá em seu clube, é Edinson Cavani - do Paris Saint-Germain, que de acordo com as últimas informações estaria na mira do Boca Juniors; sim, do Boca, que está atrás de nomes fortes para reforçar o seu plantel. Em fim de contrato com o clube francês, Cavani aos 33 anos poderá chegar de graça ao time argentino, onde já declarou que gostaria de atuar um dia.

Além do alemão e do uruguaio, um brasileiro também poderá movimentar a próxima janela de transferências, aqui não estamos falando de Neymar, mas sim de Philippe Coutinho, que poderá voltar a Inglaterra na próxima temporada. Sem brilho nos últimos anos desde que trocou o Liverpool pelo Barcelona - onde foi pouco aproveitado, acabou sendo emprestado ao Bayern de Munique, por onde também não aprovou. Agora com o final da atual temporada - que ainda segue indefinida por causa do Coronavírus, Coutinho tem seu nome ventilado como possível reforço do Chelsea e mais, a pedido de Frank Lampard - comandante técnico dos "Blues".

Outro clube que também pretende se reforçar para a próxima temporada é o Real Madrid, que estaria de olho em um mexicano do Wolverhampton - aqui falamos de Raúl Jiménez. O jogador em questão tem até aqui 22 gols e 10 assistências pelo clube inglês. Vale lembrar que Jiménez já tem passagem pelo futebol espanhol, uma vez que atuou pelo Atlético de Madrid.

Como podemos perceber, a "Janela de Transferência" em julho promete sim, ser movimenta, uma vez que é a principal "janela" para os clubes do "Velho Continente".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal