O atacante Róger Guedes segue sendo o grande sonho da torcida do Atlético-MG para a próxima janela de transferências. Mesmo com o novo diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, declarar que considerava a contratação do jogador "muito difícil", o nome do atacante segue na pauta do clube mineiro.

A grande dificuldade para a contratação de Róger Guedes no momento é o fator financeiro. Isso porque, o Shandong Luneng, da China, só aceita vender o atacante por, pelo menos, 10 milhões de euros (R$54 milhões), e para conseguir chegar em um valor próximo, o Atlético-MG vem mantendo contato todos os dias com os principais investidores do clube. O nome do jogador é aprovado por unanimidade, o que faz com que o clube possa conseguir um valor significativo.

Partindo disso, outro ponto principal e difícil nas tratativas é a pedida salarial do jogador. No futebol chinês, Róger Guedes tem vencimentos de 3 milhões de euros (R$16 milhões) por ano. O planejamento da diretoria do Galo é adequar o atleta ao teto salarial estipulado pelo clube neste ano, que gira em torno de R$500 mil mensais.

Róger Guedes é especulado como possível reforço do Atlético-MG. (Foto:Divulgação)
Róger Guedes é especulado como possível reforço do Atlético-MG. (Foto:Divulgação)

Entretanto, os contatos entre o estafe de Róger Guedes e a diretoria do Atlético-MG vem dando segurança para que o clube brasileiro possa trabalhar tranquilamente na negociação. Isso porque o jogador não tem a ideia de deixar o futebol chinês neste momento, mas caso tenha a oportunidade de retornar ao futebol brasileiro, negociará apenas com o Galo.

Róger Guedes tem 23 anos e é um dos principais nomes do Shandong Luneng. Na última temporada, marcou 12 gols em 22 jogos, além de ter 4 assistências computadas.