Entenda o que fez o Botafogo desistir da contratação de Yaya Touré

Após cerca de 15 dias de negociações, o clube carioca anunciou que, por ora, desistiu da contratação do meia marfinense.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Na última terça-feira, o Botafogo desistiu da contratação do meia marfinense Yaya Touré. Após efetuar a contratação de Honda, o time carioca tratou nas últimas semanas a possivel vinda do renomado jogador africano, mas sem sucesso. Tudo começou quando o representante brasileiro do jogador o ofereceu para a diretoria alvinegra, que inicialmente, negou qualquer possibilidade de negociação.

Entretanto, após ver a grande mobilização da torcida, os membros da diretoria do Botafogo decidiram dar início às negociações com o jogador. Após as primeiras informações das tratativas saírem na mídia, o presidente do Botafogo afirmou que, caso a contratação de Yaya Touré fosse concretizada, seria com salários "dentro da realidade financeira do clube".

Entretanto, a situação não foi assim. Primeiramente,a pedida salarial do jogador foi acima do que o Botafogo terá que desembolsar para manter Honda, e por isso, o clube carioca buscou investidores para viabilizar a contratação do meia marfinense. A partir daí, o ex-presidente do clube, Carlos Montenegro, viajou à Paris e se comunicava diariamente com o atleta e seu empresário por telefone.

Yaya Touré teve negociação frustrada com o Botafogo. (Foto:Divulgação)
Yaya Touré teve negociação frustrada com o Botafogo. (Foto:Divulgação)

Enquanto a negociação rolava, o Botafogo tinha um compromisso importante pela Copa do Brasil. Depois de eliminar o Náutico na Copa do Brasil, Autuori comentou em entrevista coletiva que conversou com o meio-campista e disse estar "muito animado".

Na semana retrasada, a primeira resposta do jogador saiu, e embora o acerto estivesse próximo, o jogador pediu uma quantia salarial ainda maior, devido à retenção de impostos no Brasil. O Botafogo aceitou e chegou a redigir um novo contrato, mas a partir daí, a negociação teve uma reviravolta negativa. Até que, enfim, nesta terça-feira, Rotenberg afirmou que a negociação estava encerrada, mas apenas por enquanto.

Segundo o mesmo, o impasse se deu em questões particulares, e não por situações financeiras. Entretanto, o clube fez questão de deixar as portas abertas para uma futura nova negociação. Por isso, há quem insista em manter contato para fazer uma nova investida no meio do ano.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal